Você é feliz? Eu sou!!!

21 setembro 2014


Minha vida não é melhor nem pior que a vida de ninguém!!
Mas ela é sim, diferente da de muitas pessoas...
O motivo? Eu sinto prazer nela!! Eu acho graça na vida, sou feliz com o que tenho, não desejo o que é dos outros, nem ser como os outros!!
Pelo contrário!! Eu amo ser eu, exatamente como sou!! Cheia de falhas, cheia de defeitos, mas também com muitos acertos ou tentativas de acertos!
Gosto de rir, de brincar, de correr descalça na areia, de falar sério quando é preciso e de adorar a Deus, sobre tudo o que há!
Sou moleca, sou menina, mas sem me perder, sou mulher!!
Não estou aqui para satisfazer aos outros, nem para que se agradem de mim.
Estou aqui para ser eu mesma, em minha mais pura essência e é desta forma que sou feliz!
Priorizo o que realmente é prioridade, sem neuras, sem frescuras, mas com muita consciência de quem sou e do que quero pra mim...
Não vivo como os outros querem, não sou como os outros querem.
Sei fazer escolhas, ser fiel a elas e assumir todas as consequências dos riscos que correr!! Esta sou eu!
Uma pessoa que com a vida já aprendeu muitas coisas, mas que ainda tem muitas mais a aprender!!
Bom domingo a todos!!

Da semana, o que tenho a contar?

19 setembro 2014



Tantas coisas aconteceram esta semana.

Semana boa.
Achei que teria tanto a escrever…
Mas o tempo é escasso, o timing das coisas parece que passa e se você não fala na hora, não tem mais o mesmo sentido…

Estou bem. Estou feliz. (muito feliz)

É só o que importa.
Excelente fim de semana a todos!!


Caminhada de Prevenção à Obesidade.

18 setembro 2014

Bom dia pessoal!!!
Recebi um convite que me deixou muito lisonjeada e quero compartilhar com vocês!
A novidade e o convite!
No dia 19 de outubro, às 9 horas, acontecerá no Parque das Mangabeiras, aqui em Belo Horizonte, uma caminhada de prevenção à obesidade.
Todos sabem que o dia 11 de outubro é a data escolhida no calendário como dia mundial do combate à essa doença, então a escolha do dia 19 para o evento, foi bem pertinente.
A meu ver, a palavra correta não deveria ser combate, mas sim enfrentamento, já que trata-se de uma doença para a qual não existe cura, mas sim tratamentos que podem ou não, ter bons resultados.
A cirurgia bariátrica, até então, é a forma mais radical, porém mais eficaz de se controlar o problema.
Porém, e digo isso por experiência própria, que de ser milagre ela passa longe!
Hoje, quase completando quatro anos que me submeti ao procedimento, digo com propriedade que a dedicação diária do paciente, faz toda a diferença tanto no processo de emagrecimento, quanto na manutenção da meta alcançada.
Fui convidada pela equipe organizadora do evento, para ministrar uma palestra onde contarei um pouco da minha experiência pessoal com a gastroplastia, a importância do acompanhamento multidisciplinar mesmo após ter alcançado o objetivo e o quanto é fundamental manter uma alimentação equilibrada e associada à pratica de alguma atividade física.
O encontro contará com a presença e participação de vários profissionais especializados no assunto, bem como de uma equipe multidisciplinar.
Tenho certeza de que serão muito valiosas todas as informações disponibilizadas lá, além de um passeio agradável em uma manhã de domingo, junto à natureza exuberante daquele parque!
Meus livros estarão à venda lá mesmo, caso alguém queira adquirir!!
E é com grande alegria que convido a todos!
As inscrições deverão ser feitas  aqui!

Aniversário - Trinta outra Vez

17 setembro 2014

Quem me segue aqui no blog há mais tempo, sabe como eram tristes os meus aniversários naquela época em que eu vivia de

primida e com a saúde toda comprometida, em decorrência da obesidade.
Ainda bem que isso tudo passou e que eu faço jus à minha própria frase... Só não consegue quem desiste antes!!
Vocês sabem que eu nunca desistiria de mim, não é mesmo?
Pois bem, fui atrás do que eu acreditava e mesmo precisando arcar com todas as consequências dos riscos que assumi, sei que fiz a melhor escolha.
Todos me perguntam porque eu insisto em comemorar 30 anos, mesmo já tendo passado desta idade há alguns anos.
Simples!! Aos trinta anos, minha vida de fato começou!!! Existe uma grande diferença entre viver e existir e antes eu apenas existia. Era número no censo e somente isso!!
Hoje não!! Hoje vivo cada dia da minha vida intensamente, e dou o  meu melhor em tudo o que me proponho a fazer.
Por isso é que comemoro 30 todos os anos!! E pretendo comemorar muitas vezes!!
Seguem fotos da festa deste ano que a propósito, foi linda!!!
Aconteceu no último sábado, dia 13, aqui mesmo em minha casa.
Foi um evento bem íntimo, somente com familiares, irmãos em Cristo e poucos e seletos amigos!!
Foi muito gostoso!! Espero que os próximos 30 cheguem logo!!!
Bjosss









Alimentação da Vida Real

 Oi pessoal!!
Estava pensando sobre como a mídia as vezes é injusta e acaba prejudicando a quem precisa perder peso e manter uma vida saudável.
As vezes não só a mídia, mas até mesmo os próprios profissionais especializados em nutrição.
Analisando uma dieta que foi passada por uma nutricionista à uma conhecida, cheguei à conclusão de que para certas pessoas, manter uma alimentação balanceada, nutritiva e saudável, é o mesmo que precisar trabalhar apenas para comer.
No início a pessoa até se esforça, enche a geladeira destes alimentos, abre mão de algumas coisas para seguir tudo à risca.
Mas até quando, gente?
Precisamos ser realistas e os profissionais também!
É necessário passar uma dieta que caiba no bolso do paciente!
É necessário adequar a alimentação ao estilo de vida de cada um e dentro de sua realidade individual.
Fico muito irritada quando vejo estes profissionais abrirem uma gaveta e de lá retirarem uma folha pronta, com uma dieta padrão para todos os pacientes.
A meu ver, e falo como paciente que sou, não se deveria passar dieta pré estabelecida, mas sim uma orientação nutricional, que com certeza varia de caso para caso.
É preciso sim, levar em consideração os hábitos de cada um, condição financeira e até as preferências, pois ninguém se mantém firme em uma dieta cheia de alimentos estranhos, que não fazem parte do seu dia a dia.
Reeducação alimentar, deve ser um estilo de vida, uma mudança total de hábitos.
Para que isso aconteça é necessário constância,  é necessária a repetição de escolhas saudáveis e isso deve se dar por toda a vida e não somente enquanto conseguir
pagar.
É completamente possível manter uma alimentação equilibrada, saudável e de qualidade, sem gastar além do que lhe é acessível!
Pense nisso, pois nada que precise ser interrompido de uma hora pra outra pode trazer resultados duradouros!
Beijos pessoal!!!

E a bienal foi um sucesso!!!!

29 agosto 2014

Ei pessoal!!! 
Como tempo passa rápido, não é mesmo?
Outro dia mesmo estava aqui muito preocupada e ansiosa com a bienal e agora já passou!!!
Foi lindo gente!!!
Perfeito!!!
Realizei palestra, autografei, descobri que tenho um "fã clube mirim" e até fui entrevistada pela imprensa jovem da prefeitura de São Paulo!!!
Bom, nem preciso dizer que foi muito além do que eu esperava e que mais uma vez, glorifico a Deus por tudo!!!
Deixo esta foto que amei, depois coloco mais para vocês verem o que aconteceu por lá!! No facebook e demais redes sociais já tem!!!
Fiquem a vontade!!!
Beijossss

A vida anda corrida...

21 agosto 2014

Gente!!!! Falta uma semana apenas para minha apresentação na bienal e eu estou a todo vapor!!! Sabe como defino esta fase da minha vida?
"esta é a vida que eu quis!!!"
E é por isso que me esforço todos os dias e dou tudo de mim! Para fazer valer a pena!
Não preciso viver muito, preciso é viver bem!!! Bjos pessoal!!!
Email bombou ontem a tarde! Obrigada pelas opiniões!! Vocês são demais!!!

Sim!! Gastroplastizados podem voltar a engordar!

20 agosto 2014



Oi Gente!! O título é bem claro!!
Os gastroplastizados podem sim, voltar a engordar e isso é mais comum do que se imagina.
Como trabalho duas vezes por semana expondo meus livros na recepção da clínica do meu cirurgião, vejo muitos pacientes antigos e recentes e observo que com o tempo eles emagrecem, e aos pucos, alguns vão gradativamente RE-ganhando um pouco do peso eliminado.
Sempre me assustei com isso, e na teoria sempre me informei ao máximo.
O medo de voltar a engordar, ronda a todos que se veem livres da obesidade, de uma forma ou de outra, isso é fato!
A culpa não é do cirurgião, ou da técnica!!! Saibam disso!!! (Salvo as exceções que sempre existem, obviamente.)
Sempre me cuidei muito, vigiei a balança e nunca tinha passado por este susto na prática...
Acontece, gente, que com o tempo cabe mais comida, o apetite é maior e a tolerância até aos doces, que no início é pequena, volta a se fazer presente.
Desde que eliminei todo o peso necessário e atingi a minha meta, que mantive meu peso estável sem muita dificuldade, comendo de tudo o que gosto, em quantidades moderadas e sempre fiquei  48 e 49,500.
Raramente a balança mostrou 50 e quando aconteceu foi em período menstrual ou eventualidades.
Já são quase quatro anos de cirurgia e ouso dizer que me sinto as vezes como se nem fosse operada!
Comecei a observar que andava me servindo de porções maiores e que os intervalos entre uma refeição e outra, começaram a ficar menores devido à uma fome negra que vinha me visitar com muita frequência!!
No início não sentia essa fome. Depois de um ano de cirurgia ela voltou como antes, com a grande diferença de que pouca quantidade me saciava. Perfeitamente normal, já que a cirurgia faz com que consigamos comer pouco, mas fome é lógico que temos!!!
O que tira fome é inibidor de apetite, não é redução de estômago!!
Mas enfim, abrindo uma exceção aqui, outra ali...
Senti que estava com um rostinho mais redondo, até mais saudável e não dei importância.
Depois do silicone estava me sentindo mais rechonchudinha e achei que fosse isso.
Um belo dia, mostrando fotos dos lançamentos dos meus livros a uma desconhecida que os adquiriu e levou para que eu os autografasse , ela fez a observação fatídica....
"Você estava mais magrela nessas fotos, ou é impressão minha?"
Respondi  que talvez fosse o volume do peito novo, mas fiquei com a "pulga atrás da orelha".
Fui chegando em casa e subindo na balança e o resultado foi este que podem ver nas fotos!!
Estava pesando quase 53 quilos e nem havia me dado conta!!!
Foi aí que comecei o #meuprojetomagraparasempre, vigiando e controlando a alimentação ao máximo, cortando os erros e voltei a caminhar.
Bom... Consegui voltar ao normal e já estou com meu pesinho de sempre.
O susto foi grande, agora não vacilo nunca mais!!
Não quero ser uma paciente que reganha o peso!
Não quero ser uma paciente que não aprendeu a lição!
Não quero nunca mais, sofrer mais nada do que sofri sendo obesa.
Não quero envergonhar meus médicos e principalmente...
Não quero sentir vergonha de mim!!!
Eu vou fazer isso ser pra sempre!!
Já disse que cirurgia não é milagre, um milhão de vezes!
Mas ela é a melhor ferramenta que eu conheço e vou fazer uso dela, da melhor forma que eu puder!!
Bjos pessoal e espero que este post sirva para abrir os olhos de quem acha que não precisa fazer mais nada...
Cuidado!!!
Sabem que compartilho com vocês, há muitos anos, meus fracassos e vitórias e agora não poderia ser diferente...

Repostagem. Achei pertinente.

07 junho 2014



Hoje vou começar o dia desfazendo um conto de fadas e talvez ser odiada por isso. 

Mas prefiro escrever sobre vida real, então lá vai...


Para problemas emocionais, financeiros, de relacionamento conjugal...

Enfim para os tantos problemas que enfrentamos no nosso dia a dia...

Não existe redução de estômago que dê jeito!!!!!

Emagrecer te deixa mais leve, mais saudável, mais disposto e mais bonito(a) sim!!!

Mas as mazelas da vida, amados.......

Ahhhhhhh, essas dependem de cada um resolver as suas!!!!!

E só sabendo disso, os gastroplastizados (no que diz respeito à gastroplastia) viverão felizes 


para sempre!!!!


***************** FIM*****************
^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo