Só no rostinho.

13 setembro 2010



Ultimamente só tiro fotos do meu rosto.
Adoro meus cabelos, meus olhos, meu nariz,(amo meu nariz!!!) minha pele, minhas pernas, minhas orelhas, minha testa ...queria muito gostar do meu corpo também. Queria entrar em qualquer loja do shopping e comprar a roupa que eu tivesse vontade.
Vou ser bem honesta, morro de raiva quando vejo as magrinhas falarem que precisam emagrecer,que queriam fazer lipo... Não é inveja de jeito nenhum!!! Acho que todas devem mesmo buscar a perfeição, uma boa saúde.. até mesmo pra não chegarem a ficar como eu estou.O que me irrita é que elas fiquem falando pra uma pessoa gorda, com 10, 20,30 que é o meu caso que estão se sentindo umas baleias, que já não sabem o que fazerem pra emagrecer...

Isso não se faz, eu particularmente me sinto humilhada. Como assim uma menina toda cocotinha, pega na barriguinha toda saradinha e diz que está enorme e que precisa fazer dieta??? Vai esnobar outra e aparecer em cima de quem goste.
Cá pra nós... tem necessidade disso?
Mas desabafos á parte,ontem fui à um passeio da escola do João. Festa da famílias. Este foi o oitavo ano consecutivo e o primeiro que não tive coragem de passar da portaria.
Fiz até mais do que imaginei, pois já havia dito a ele que o levaria mas não sairia do carro. Fiquei lá dentro um pouco lendo um livro e depois me sentei na portaria com a diretora da escola. Ficamos jogando conversa fora enquanto ela trabalhava.Não queria me expor tão gorda na frente de outras mães, me incomoda o olhar de espanto delas ao me verem e mais ainda os comentários indesejáveis das que são menos dicretas. Quanto mais engordo mais me escondo do mundo.
O João brincou, nadou e se divertiu bastante, mas vi seu rostinho de decepção quando eu disse que não assistiria a apresentação de inglês.Fiquei pra morrer mas é mais forte do que eu.Meu filho está crescendo e eu como mãe tenho sido nota zero.
Esta é a parte estética que não é a única.
O agravante é que minha saúde cada dia dá sinais maiores de que não anda muito bem.
À noite depois do evento, estava me sentindo esgotada, mesmo não tendo me cansado.Acordei de madrugada com falta de ar e assustada me sentei na cama. Senti uma pressão fortíssima na mão esquerda e quando olhei vi que minha aliança estava enterrada. É isso mesmo, eu estava inchada,mãos e pernas. A última vez que inchei assim, estava grávida a dez anos atrás... Hoje pela manhã o inchaço permaneceu na perna direita, que é a perna que fraturei, logo é mais sensível.
Marquei um clínico e um ortopedista pra esta semana,já que semana passada também tive uma crise de hipertensão e dor de cabeça, mas tudo o que eu mais queria era conseguir um médico que fizesse a minha gastroplastia.Todos os que procuro,me passam dietas, medicamentos e quando falo de gastroplastia desconversam. Será que é pelo fato de tentar pelo convênio?Será que se eu pagar a cirurgia consigo com mais facilidade? Se alguém que leia meu blog puder me orientar, agradeço desde já. Bjs
Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo