O texto é gigante, mas o papo é sério!!!

09 abril 2012




Olá pessoal! Hoje venho falar de um problema sério e gostaria de contar com a opinião de vocês!!
Mesmo quem não é obeso, não passou nem passará pela redução de estômago, pode e deve participar, pois afinal, o tema é plano de saúde, e desconheço um usuário, que nunca tenha em algum momento, tido problema com o seu.
Parece brincadeira o que vem acontecendo quando o assunto é cirurgia bariátrica...Só que não é!!!
Como todos aqui sabem, operei pelo convênio, todas as despesas da minha cirurgia foram pagas por ele e hoje me sinto satisfeita e saudável.
Parece simples, porém não é!! Minha cirurgia foi aberta, ou seja, tenho bem no meio da barriga, uma cicatriz de mais ou menos uns dez centímetros.
Seria ridículo dizer que ela não me incomoda. É claro que entre a cicatriz e a gordura, obviamente, sem pensar, fico com a cicatriz, mas não coloco um biquíni, por exemplo, para não me expor aos olhares curiosos.
Acontece  gente, que para que eu tivesse hoje essa cicatriz, foi necessário antes, que minha barriga fosse aberta, e que todo o procedimento para reduzir meu estômago, fosse feito através desta abertura.
Isto não é algo simples, eu assisti ao mesmo procedimento em outros pacientes e digo que passa longe de ser uma situação corriqueira.
Uma pessoa deitada, desacordada em uma mesa de cirurgia, com o corpo literalmente aberto, e outras pessoas revirando seus órgãos!! Desculpem-me os despreparados, mas a grosso modo é isso mesmo que acontece!
O fato é que não precisa mais ser assim!! Já comentei aqui outras vezes, que existe outra forma, ou outro método, se preferirem, de se realizar esta cirurgia. É a chamada videolaparoscopia, que nada mais é, do que a mesma cirurgia, porém, sem que seja necessário abrir o abdômen, expondo assim o paciente, às bactérias  que sabemos  que existem em  um centro cirúrgico!!
Como disse, tive a oportunidade de presenciar a realização dos dois procedimentos, e sei bem do que estou falando.
Na cirurgia aberta, no mínimo três pessoas, tem contato direto com os órgãos do paciente, são eles, o cirurgião, o assistente e o instrumentador.
Sendo que os dois primeiros estão a todo o momento, com as mãos dentro do corpo do paciente, e o último, em contato com elas.
Além destes profissionais, temos ainda ali, anestesistas, enfermeiros, e várias outras pessoas que  são  necessárias, para garantirem o sucesso do procedimento, mas que nem por isso deixam de ser uma ameaça, já que aquela grande abertura, deixa o paciente vulnerável e sujeito a todo tipo de infecção.
Na cirurgia fechada,  os mesmos profissionais se fazem necessários, porém, não existe o corte, (o grande corte) e com isso a vulnerabilidade é muito menor, os riscos à saúde do paciente são muito menores, pois nenhuma mão entra em seu corpo, podendo servir como ponte para as bactérias.
Os equipamentos e câmeras são introduzidos por pequenos cortes, e através de um aparelho de televisão, os profissionais se guiam para realizarem seu trabalho.
Pelo fato do procedimento ser muito menos invasivo, a recuperação é muito mais rápida, tranquila, e os riscos de complicações são bem menores.
No mesmo dia, o paciente já pode se levantar, não é necessário o uso de sonda, e pelo fato dos furinhos serem  bem pequenos, no futuro, se o paciente precisar de cirurgia plástica corretiva, o corte desta, também é menor!! Logo, os riscos são reduzidos também a longo prazo!!
Então surge a pergunta... Se a videolaparoscopia é assim tão mais indicada Lu, por qual motivo o convênio não autoriza o procedimento???
Estão descumprindo esta, que desde janeiro, é uma obrigatoriedade, por causa dos custos, obviamente!!!
Se quiserem saber tudo sobre a normativa que atualiza o Rol de procedimentos cobertos, clique aqui!!!
Sei que alguns pacientes estão há mais de 3 meses aguardando para operarem, pois se é um direito, e é menos arriscado, é claro que querem que seja cumprido.
Acontece que isso não vem acontecendo, e a saúde destas pessoas fica cada vez mais debilitada, pois enquanto esperam, engordam ainda mais e os problemas de saúde, associados à obesidade tornam-se cada vez mais graves.
Alguns deles, de tanto esperarem, acabam desistindo e aceitando passar pela cirurgia aberta mesmo, para se livrar da obesidade o mais rápido possível e com ela, das comorbidades... Na época em que operei, foi o que fiz, mas naquela época, não existia uma lei que obrigasse o convênio a cobrir a cirurgia por vídeo, agora existe!!
Pasmem!!!! Uma das maiores prestadoras de planos de saúde de Belo Horizonte, quer pagar aos seus credenciados qualificados, a absurda quantia de 500 reais por cada cirurgia videolaparoscópica realizada!!
Aqui, pouquíssimos são estes profissionais, ou seja, o médico passa anos e anos, estudando, se especializando para obter esta qualificação, coloca a vida de pessoas em risco para poder salvá-la, (ou vocês acham que ninguém corre riscos ao passar por uma cirurgia de qualquer que seja o porte?) e recebe por isso 500 reais!!!! Sinceramente, é vergonhoso!!!
Soube também que as poucas cirurgias por vídeo, que a prestadora já realizou desde que se tornou obrigatória, foram com médicos e hospitais, determinados por ela, não deu ao paciente, a oportunidade de operar com o profissional de sua confiança, no hospital de sua escolha...
Quem garante que estes profissionais são qualificados, e que não estão sendo treinados???
Fica a dúvida né???
Mais do que vergonhoso, o que estão fazendo é algo inaceitável, pois não estão somente descumprindo uma lei, estão colocando em risco, vidas de pessoas que pagam pelos seus serviços, na esperança de serem atendidas da melhor forma, quando vem a precisar...
Galera, sinceramente quero ajudar de alguma forma, mas não sei bem como, já que estamos falando de gente grande!! Esta prestadora, pelo menos aqui em BH é líder, 70% da população que tem plano de saúde, seja individual ou empresarial, é cliente da dita cuja, e ainda assim, ela ousa não cumprir a determinação da ANS (Agência Nacional de saúde).
Gostaria de pedir que me ajudassem a divulgar este post, pelo menos para que isso chegue ao conhecimento do maior número possível de pessoas. Algo precisa ser feito, antes que pessoas morram aguardando que seus direitos sejam cumpridos, ou se arriscando por falta de opção, nas mãos de médicos não capacitados...
Beijo grande em todos e excelente semana!!!

Ps.... Alguém sabe como faço para instalar o "leia mais"???

Comentários
16 Comentários

16 Comentários:

^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo