Até que ponto ser magro é sinônimo de ser saudável?

29 agosto 2012



Oi gente!! Refletindo sobre as questões estéticas e falando como quem viveu a maior parte da vida sendo obesa, posso afirmar que da mesma forma que a gordura não é saudável, a magreza excessiva também não é!
Nem saudável nem bonito, diga-se de passagem!!!
Já cheguei a pesar praticamente 100 quilos, mas também já cheguei a pesar  45. 900.
Com certeza com quase 100 não estava saudável nem bonita, mas também não estava com 45.900, prova disso é que nem foto eu quis tirar pois estava com vergonha de estar tão magrelinha e com cara de doente.
Acho que só quem me viu assim, foram meu marido e as pessoas que me visitaram em casa depois desta última cirurgia pela qual passei, além do meu médico e funcionárias de sua clínica, quando fui até lá para o primeiro retorno pós cirúrgico e retirada do dreno.
Com certeza eu estava me sentindo melhor por estar seca, do que me sentia antes, quando estava gigante. Mas vamos ser realistas, bonita não estava!
Agora, com trinta e dois dias de cirurgia, já estou no meu peso normal, hoje a balança me mostrou 49,400, ontem foram 49,500, e este é meu normal, sempre oscila entre 48 e 50.
Falando assim pode parecer que não é uma diferença enorme, mas é!!
Minhas roupas são do meu tamanho certinho, uso blusas P e calças 34. Dependendo da confecção e do modelo, as de número 36 também ficam bonitas, mais folgadinhas.
Essas mesmas calças 34, quando emagreci demais estavam simplesmente gigantes no meu corpo, parecia que as iria perder pela rua.
Não tinha nada gente, nem peito nem bunda, nem nada!!!!! Tudo o que eu colocava parecia que eu tinha simplesmente me enfiado dentro de um pedaço de pano reto.
Hoje não, hoje vejo umas formas levemente arredondas que é como acho que combina comigo.
Se ficar exageradamente arredondado também não dá certo, tenho um metro e cinquenta e dois!!! O equilíbrio é necessário até nisso!
"Mas Lu, porque você está falando estas coisas, se já atingiu seu peso desejado?"
- Simples!! Vejo algumas pessoas e leio vários textos aqui na blogosfera, onde percebo que as metas de emagrecimento, fogem da realidade!
São pessoas altas, com estrutura óssea larga e vários outros fatores que realmente contam, como a idade por exemplo, querendo pesar o mínimo e vestir números tão pequenos que nem consigo acreditar.
Gente, nenhum dos extremos é saudável! Por este motivo é que enfatizo tanto a importância de um acompanhamento médico e  psicológico durante o emagrecimento, não só para quem fez redução de estômago, afinal; emagrecimento é emagrecimento, independente de como se chega até ele.
É importante buscar a saúde e a qualidade de vida acima de tudo.
A autoestima se eleva é em decorrência disso! As vezes uma pessoa diz pesar 70, 80 e parece ser muito, mas se pararmos para analisar a idade, a altura,  em suma o IMC (índice de massa corpórea) desta mesma pessoa, veremos que ela está dentro da faixa de peso ideal para sua condição, e isso varia de acordo com a idade e o sexo.
Então pessoas queridas, busquemos ser saudáveis, pois não há dinheiro no mundo que pague pela nossa saúde.
E tenham certeza de que o que a moda dita, nem sempre é o melhor para nós!!!
Beijo grande e excelente fim de tarde!!!
Comentários
30 Comentários

30 Comentários:

^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo