Até que ponto ser magro é sinônimo de ser saudável?

29 agosto 2012



Oi gente!! Refletindo sobre as questões estéticas e falando como quem viveu a maior parte da vida sendo obesa, posso afirmar que da mesma forma que a gordura não é saudável, a magreza excessiva também não é!
Nem saudável nem bonito, diga-se de passagem!!!
Já cheguei a pesar praticamente 100 quilos, mas também já cheguei a pesar  45. 900.
Com certeza com quase 100 não estava saudável nem bonita, mas também não estava com 45.900, prova disso é que nem foto eu quis tirar pois estava com vergonha de estar tão magrelinha e com cara de doente.
Acho que só quem me viu assim, foram meu marido e as pessoas que me visitaram em casa depois desta última cirurgia pela qual passei, além do meu médico e funcionárias de sua clínica, quando fui até lá para o primeiro retorno pós cirúrgico e retirada do dreno.
Com certeza eu estava me sentindo melhor por estar seca, do que me sentia antes, quando estava gigante. Mas vamos ser realistas, bonita não estava!
Agora, com trinta e dois dias de cirurgia, já estou no meu peso normal, hoje a balança me mostrou 49,400, ontem foram 49,500, e este é meu normal, sempre oscila entre 48 e 50.
Falando assim pode parecer que não é uma diferença enorme, mas é!!
Minhas roupas são do meu tamanho certinho, uso blusas P e calças 34. Dependendo da confecção e do modelo, as de número 36 também ficam bonitas, mais folgadinhas.
Essas mesmas calças 34, quando emagreci demais estavam simplesmente gigantes no meu corpo, parecia que as iria perder pela rua.
Não tinha nada gente, nem peito nem bunda, nem nada!!!!! Tudo o que eu colocava parecia que eu tinha simplesmente me enfiado dentro de um pedaço de pano reto.
Hoje não, hoje vejo umas formas levemente arredondas que é como acho que combina comigo.
Se ficar exageradamente arredondado também não dá certo, tenho um metro e cinquenta e dois!!! O equilíbrio é necessário até nisso!
"Mas Lu, porque você está falando estas coisas, se já atingiu seu peso desejado?"
- Simples!! Vejo algumas pessoas e leio vários textos aqui na blogosfera, onde percebo que as metas de emagrecimento, fogem da realidade!
São pessoas altas, com estrutura óssea larga e vários outros fatores que realmente contam, como a idade por exemplo, querendo pesar o mínimo e vestir números tão pequenos que nem consigo acreditar.
Gente, nenhum dos extremos é saudável! Por este motivo é que enfatizo tanto a importância de um acompanhamento médico e  psicológico durante o emagrecimento, não só para quem fez redução de estômago, afinal; emagrecimento é emagrecimento, independente de como se chega até ele.
É importante buscar a saúde e a qualidade de vida acima de tudo.
A autoestima se eleva é em decorrência disso! As vezes uma pessoa diz pesar 70, 80 e parece ser muito, mas se pararmos para analisar a idade, a altura,  em suma o IMC (índice de massa corpórea) desta mesma pessoa, veremos que ela está dentro da faixa de peso ideal para sua condição, e isso varia de acordo com a idade e o sexo.
Então pessoas queridas, busquemos ser saudáveis, pois não há dinheiro no mundo que pague pela nossa saúde.
E tenham certeza de que o que a moda dita, nem sempre é o melhor para nós!!!
Beijo grande e excelente fim de tarde!!!
Comentários
30 Comentários

30 Comentários:

novafasecampbell disse...

Verdade amiga! Saúde em primeiro lugar, meu objetivo é estar magra, com a saúde lá em cima e sempre com cara de saudável hahaha um beijo

Farmacela disse...

Amei o post!!! Super verdade!!! A gente tem q ser acima de tudo saudável e mto mto realista com o peso.

Branca disse...

Flor, bem verdade isso que vc disse, eu mesma antes da cirurgia tinha me proposto uma meta que hoje acho absurda por conta da minha estrutura óssea e talz, agora, depois de operada e de pensar mais e melhor, mudei minha meta para algo mais tangível e que irá cair melhor pra mim.
Beijos mil

Roh Jardim disse...

Realmente tb penso assim.
Se ser obesa não é bonito nem tão pouco saudável, ser magrela demais tb não.
Antes de pensar em quanto queremos pesar temos que pensar em vários fatores e não somente no IMC, eu quero pesar 65kg mas se eu ver que com 70kgs eu estou bem eu paro numa boa. O que eu quero é estar saudável e me achar bonita.
Um beijo minha linda borboleta

Linda disse...

Lu!!!!
Antes de tudo obrigada pelos elogios querida! Você é um amor!
Nossa, você é magrinha mesmo!Me assustei com o peso a princípio mas depois vi a sua altura e aí entendi a proporção.rs
verdade viu...muita gente sonha com um peso inatingível. Eu já me questionei sobre isso mas descartei a possibilidade. Eu sempre oscilei entre 49 e 50kg até engravidar pela primeira vez. Então eu só quero voltar ao peso que sempre foi meu, não é nada inatingível, falta é empenho mesmo.rsrsr
Eu andei vacilando feio...
Mas sempre é tempo de recomeçar não é? E lá vou eu de novo...
Beijo enorme!

Elis disse...

Oi minha linda,

concordo em número, gênero e grau... o problema mesmo é a dita sociedade que inventa que o padrão é a magreza exacerbada, absurdo isso... então é preciso ser inteligente para não cair nessa armadilha.

abraços

Patricia Azevedo disse...

Tema absolutamente fun-da-men-tal e seu texto é ótimo!
Beijo

Ju Carbonieri disse...

Nossa, esse post casou com meu dia! Estava pensando nisso hoje ao me olhar no espelho... ainda tenho bastante quadril e barriga, mas se analisar o conjunto da obra, já estou no peso ideal, sinto que se perder mais uns 3 quilos, vou ficar magra demais (estranho pensar assim quando já se teve 110Kg... rsrsrsrs)
Beijosss Lu!!!!

REINVENTANDO disse...

Com certeza Lu, os extremos nunca são saudáveis e irão trazer consequências para as pessoas! ótimo post.Bjs.Sandra

ANA CHRISTIANE disse...

CONCORDO COM VC LU...QUANDO PASSAMOS DO LILITE IDEAL...JÁ SE TORNA O OPOSTO DA OBESIDADE...!!!SAÚDE EM PRIMEIRO LUGAR!!!BJUSSSSS MINHA LINDA E BOA NOITE

Bruxa do 203 disse...

Tem gente que faz tanta força para ser magra que acaba ficando com cara de doente.

Tem muita magrinha que não gosta de fazer atividade física, tem magrinha que fuma, enfim, nem sempre magro é sinônimo de saudável. O importante é encontrar um equilíbrio.

Emagrecimento Sem Segredos disse...

É isso mesmo. Eu mesmo sou gordinho e sou muito mais saudável que muito magro aí. como melhor e tenho preparo físico muito melhor que muita gente. como vc falou...tenho metas reais. Eu quero chegar na casa dos 110kg e pronto. Vc deve pensar: Poxa...110kg, é muito peso? Pois é...mas para a minha estatura e composição óssea está de bom tamanho. Tenho 1,86m, sou grande, ombros largos. Eu nunca serei magro, seco. Nunca mesmo. Com 110kg eu estarei ótimo. Ainda postarei uma foto e vc vai comprovar. Mas aguarda, tá? Só em dezembro! :D

LUCIANE disse...

é verdade Lu eu mesmo queria chegar aos 65kg mais a minha nutricionista me disse que o maximo é 68kg então
concorco com vc as vezes a gente quer emagrecer demais mais a estrutura da gente não fica nada bem então vamos ter acompanhamento e que els sabem bem o melhor para nós bjs e muito obrigado pela visita bjs Lu

santonia disse...

Essa questão é mto interessante, pois pelos calculos de imc, meu pesso ideal é entre 59 e 66 kilos, e pra ser bem sincera acho impensavel pesar 59 kilos não combina comigo ficaria só osso, pois a fase em que mais gostava do meu corpo eu pesava 70 kilos, o que para algumas pessoas é se considerar gordo com 70k... o importante é saude e se sentir bem.

Romeyka Aguiar disse...

Concordo com vc !!! Eu engordei muito depois da gravidez ... Eu já pesei 52 e meu marido disse que parecia esqueleto kkkk lógico q exagero dele Pq nao dou alta rsss mas hoje quero 60 kg , me sinto bem assim e meu rosto nao fica muito "chupado"

Romeyka Aguiar disse...

Oi flor

E respondendo seu comentário , eu tbm adoro requeijão Danúbio !!!!! Estou controlando ao máximo
O cardápio !

I Believe disse...

Oi LU amei as dicas que me deu pro look da festa. É exatamente o q eu estava pensando q se comprar logo vou perder... Bjks

Isac Aires disse...

Muito bom seu post, o acompanhamento psicologico eh fundamental em todo o processo, e o bom eh ser saudavel, pq tudo ao extremo não faz bem.
Aguardo sua visita no meu blog e vlog, onde conto
tudo sobre minha cirurgia bariátrica.
|Blog| http://isaclourenco.blogspot.com.br/
|Vlog| http://www.youtube.com/100observacoes

Ex Não Vaidosa disse...

Saudações Lu! Me explica melhor.... obesa com 45,950 kg? É isso mesmo? Beijos e abraços

Ívian Ferreira disse...

Essa sua temática é muito bem posta, pois ser magra nem sempre é ser saudavel mesmo, conheço gente magra que se alimenta super mal, tem colesterol alto e nao se cuida. Sou um pouco mais baixinha que vc, tenho 1,49cm de altura e minha meta foi de ficar com 48kg e pelo meu tipo fisico e estatura fiquei muito bem e não com cara de doente, não me vejo magérrima, me vejo com um corpo normal e adequado à minha estatura. Tem gente que fica tão obeceda em emagrecer, nao mede consequencias, que chega a extremos. Vc com sua altura fica bem entre 48 a 50kg, fica com cara de saudavel e combina com seu biotipo.

Obrigada pelo carinho no meu bloguito. Vc tb escreve super bem e seus temas nos posts sao bem pernitentes e reais.


Bjss querida!

Micha Descontrolada disse...

saúde em primeiro lugar, sempre.

o novo lay tá lindo!!!

Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα ツ

Ex Não Vaidosa disse...

Saudações Lu! Rsrsrs, ok, agora entendi!!!! É complicado mesmo e muito relativo esse lance de magreza e obesidade! Já fui muito magrinha, tipo FILÉ... tenho 1:68 e pesava 52 kg, era uma atleta e tinha os músculos do abdomem evidente. Mas eu ODIAVA pois não tinha peito, coxa nem bunda, parecia um hominho, era o que eu me via, então me cobria com camisetões! Depois na fase aadulta cheguei a pesar 76kg, não vou dizer que fiquei feliz, mas tive vários problemas, hoje, não quero nem saber em pesar 52 kg, mas busco sempre um peso que me seja bom, tanto para a saúde, quanto para minha estética! Nenhuma mulher gosta de ser feia, não importa o peso! Não me baseio em corpos alheios para motivar, sempre busco o que me cai bem.... claro..... é dificil demais manter o peso.... mas vamos que vamos! Beijos e abraços!

Anônimo disse...

Muito bem exposto, Lu. Eu fico apreensiav quando vejo estas coisas em alguns blogs, antigamente até dava um toque, mas hoje em dia aprendi que cada um sabe seu caminho: às vezes precisamos errar para acertar. Enfim, muito bem colocado, espero que muitas pessoas leiam! :-)
Beijocas
Carla Pancha

Cary disse...

Oi Lu, concordo com tudo isso amiga, tem gordinhos bem mais saudaveis que muitos sequinhos por ai!!!
Sem contar que tbm não acho bonito uma mulher muito sequinha, até já fiquei sabe, tenho 158 e ja pesei 47, confesso que parecia mesmo uma doente erminal heheheheh, mas hoje minha meta é entre 50 a 53, acho que nesse peso fico bem, mas ainda o que mais importa, é minha saúde né???
Se estamos bem com a gente mesmo e saudáveis, isso é o mais importante!!
Um beijo querida!

Roberta Zero Cal disse...

Lu, é verdade. Náo faz muito tempo eu fiz um post parecido, não tratava do peso em si mas tratava da alimentação (comer pouco é comer bem?)Segue o link se quiser ler http://www.0cal.com.br/2012/06/comer-pouco-e-comer-bem-um-post-bem.html
Eu estava com IMC de obesidade grau I e hoje ao me pesar tive uma alegria pois sai da obesidade e estou no sobrepeso. Gente, isto já faz uma diferença enorme pra saúde. Mas o quero dizer com isto??? Ontem fiz meus exames de sangue (check up completo) e os resultados já saíram (o laboratório aqui é TOP e entrega em 24 horas) e TODOS AS MINHAS TAXAS ESTÃO NORMAIS. Tirando Vitamina D que estou fazendo reposição há 3 meses pq estava com carência o resto todo deu 100% bom, colesterol, triglicerídeos, etc. E eu conheço gente muuuuito mais magra que eu que já fez cateterismo e angioplastia Ahhhh, mas gosta de me alfinetar pq eu sou gorda e ela não. Entende o que quero dizer??? de que adianta ser mais magra do que eu e estar no hospital por duas vezes, internada, quase infartando e fazendo cateterismo??? Prova que magreza não é sinônimo de saúde.
Beijos

Anônimo disse...

Lu, como sempre dando um show de realidade né!
Adorei, eu mesma imaginava uma coisa e agora encarando o processo tenho outra coisa em mente, queria muito os 56Kg, mas pelo número, desde novinha queria ter esse peso, e ficou ele gravado na minha mente, hoje se perguntam se é esse meu objetivo digo que não sei, meu objetivo estará alcançado quando eu olhar para o espelho e gostar do meu corpo, independente de numero na balança.

Acho ótimo você reforçar a importância de médicos, nutri e psicólogos, porque muita gente acha que sobrevive sem isso, mas não sabe o quão importante é ter esse acompanhamento, pretendo me especializar nessa área, e espero que até lá as pessoas respeitem mais o trabalho oferecido não só pela minha área como pelas demais também!

Um beijo minha querida!

Bethynha disse...

oieee
vc esta bem magrinha pelo que vc fala..mas vc mede qnto?isso tudo depende de nossa altura mesmo..acho que eu fico bem com 58kg..se pesar menos tbm fica feio..meço 1,68.
Ah e sobre meu irmão, ele não sabe mexer na internet, hehe. Ele é camioneiro, a maioria dos camioneiros são gordos. Mas temos que incentivar ele sim..
Bjao

Letícia disse...

Oii querida, vim retribuir a tua visitinha, muito obrigada pela força :)
Concordo plenamente contigo, tem meninas que querem alcançar metas que fogem da realidade! Como tu disse nem gorda demais, nem magra demais é bonito! Ser magra não significa que a pessoa é saudável, na maioria das vezes!
Tu tem a mesma altura que eu, lá na minha reguinha eu coloquei 65, pq eu não tenho noção, eu nunca fui magra, sempre fui obesa, por isso a importancia de profissionais, logo logo procurarei um ;)
Beijão

Anônimo disse...

Lu,
Com toda certeza a saúde em primeiro lugar, post escrito por vc sempre é maravilhoso de ler.
Que pesinho lindo menina.
Felidades, paz e saúde sempre.
bjos

Sonhando os sonhos de Deus disse...

Hj em dia a midia impoe a politica da magreza como padrao de beleza e saude...Logicamente ter o peso ideal e nao o peso imaginavel é o que cada pessoa deve buscar nem obesidade, nem anorexia sao saudaveis...Tem muita gente magra por ai q nao é nada saudavel....trabalhar a cabeça junto com corpo é fundamental....beijus

^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo