Redução de estômago X Falta de Senso... Atualizando 5 anos de blog!!

01 novembro 2012

Poisé gente! Hoje, dia 02/11/2012, fazem exatamente cinco anos que iniciei o blog e que escrever virou meu maior vício!!! Cinco anos sem interrupções... Vejo tanta gente começando, desistindo, começando de novo... Mas persisti e aqui estamos!! Foi muito bom estar com vocês, me lendo apoiando e compartilhando durante todo esse tempo!! E que venham os próximos cinco!!! Bjsss

Gente, sinceramente, acho que se meus leitores fossem crianças, eu deveria ponderar mais na hora de me expressar... Como são adultos, acredito eu, que possa falar o que penso sobre este tema polêmico, sem me preocupar se estou sendo agressiva.
Acontece que as pessoas que passam pela redução de estômago, também não são crianças... Ela não é permitida em crianças!!!
Quisera eu, e tenho certeza que os profissionais envolvidos também, que seus pacientes não agissem então como tal!!
É incrível... As pessoas passam grande parte da vida sofrendo com a obesidade, enfrentam conflitos emocionais, deteriorações físicas, além de preconceito e discriminação, muitas vezes dentro de sua própria casa  e de repente, veem uma luz no fim do túnel, recebem uma nova chance de vida...
Fazem um caminhão de exames, muitas consultas, correm pra lá e pra cá, até que tudo esteja resolvido para a realização da tão sonhada cirurgia...
Quando é por convênio médico, ainda tem a tensão da perícia para que seja aprovado o procedimento pelo plano.
Quando é particular, o valor que se gasta é um grande investimento.
No grande dia um turbilhão de emoções, insegurança, angústia, vontade de desistir, de sair dali correndo, seguidas por um medo enorme de morrer, mas a vontade de recuperar a saúde, a auto estima e dignidade são maiores, e enfrentando tudo e todos, entram em um bloco cirúrgico, deixam o médico abrir sua barriga e modificar lá dentro o que até então, tem causado tanto sofrimento... No pós operatório, dores, desconforto, dependência, são fatores inevitáveis...
O tempo vai passando e o emagrecimento gradativo, porém satisfatório é evidente...
Mas algumas pessoas se esquecem de que para que isso pudesse ter acontecido, elas entraram foi em um bloco cirúrgico, na presença de um médico e não na igreja, na presença de um padre ou de um pastor....
Foram operadas por cirurgiões, mas milagres, com seus bisturis eles não podem fazer!!
Enfiam a cara na bebida, uma cervejinha nesse calor é bom né?? Todos os dias é  melhor ainda!! (longe de mim claro)
Doces, sobremesas, tortas, comidas gordurosas, refrigerantes.......
E ainda dizem cheias de razão, operei pra ter vida normal!!!
O que é vida normal para estas pessoas?? Provavelmente, a vida que tinham antes!!!! Muito normal, mas foi com aqueles hábitos, que chegaram onde chegaram...
Me entristeço ao ver hoje, pessoas REganhando também gradativamente, quilo após quilo, tudo o que conseguiram eliminar através da cirurgia, que não me canso de dizer que é uma ferramenta muito valiosa, mas que não dispensa cuidados diários...
Dizem que isso pode acontecer com qualquer um... Me desculpem, mas com qualquer um que não siga as recomendações e não cuide da sua cirurgia, do seu corpo e da sua saúde, com o zelo que deveria cuidar.
Não operou pra viver de dieta?? Nem eu!!!!!!
Operei para me reeducar e é o que faço todos os dias desde que acordei naquela mesa.
Como de tudo o que tenho vontade, mas não como tudo, e nem como de tudo o que tenho vontade, todos os dias!!!
Faz diferença!
Ouvi um dia uma pessoa (também gastroplastizada, que jamais atingiu a meta da equipe), dizer que eu era "mais um caso de sucesso do meu médico" e isso me faz refletir até hoje...
O que ele fez em mim, faz em todos  os seus pacientes, e a menos que algo não tenha dado certo, que o metabolismo não faça a sua parte, ou que a pessoa se auto saboteie, acredito que todos venham a ser também, casos de sucesso!!!
Será que todos fazem por si, o mesmo que eu faço por mim???
Não me considero uma ex obesa, até porque, obesidade não tem cura!!
Mas me considero sim, uma gastroplastizada que deu certo!!!
E farei o que eu puder para que seja sempre assim!!!


Comentários
23 Comentários

23 Comentários:

Anônimo disse...

E para trabalhar com pessoas assim com essa cabeçinha pequena que eu pretendo me formar e me especializar na área estética.
Pessoas esperam o mais fácil sempre, esperam por milagre o que não acontece, se não melhorar a coisa piora, em tudo é assim, porque com a gastroplastia seria diferente?!

Acho ótimo você postar essas coisas, assim alerta aqueles que um dia se submeterão a cirurgia, para que a mudança comece desde já =)

beijos minha borboleta, ótimo novembro
e aproveite seu feriado!

Suziane Burguez Proença disse...

Quando ouvi falar deste tipo de cirurgia há uns 5 anos atrás, pensei que ela era uma mágica, e que quem fizesse este procedimento, nunca mais iria se preocupar com alimentação, poderia comer tudo que quisesse e que coubesse no estômago.
Quando soube que não era bem assim desisti de fazer, voltei a tentar dieta convencional, por mais alguns anos. Efeito gaita, emagrece e engorda, muitos quilos indo e vindo, até que este ano me conscientizei que sou doente, preciso de ajuda e voltei a ler, pesquisar, perguntar sobre a cirurgia.
Hoje tenho consciência de que ela é um FERRAMENTA, e que o sucesso do processo como um todo depende muito mais de mim do que da equipe.
Como você disse a equipe faz o mesmo por todos os pacientes, agora se todos os pacientes fazem o mesmo por si... isso vai depender de cada um.

Carla Renata (A Teimosa) disse...

então né lindeza.. é só uma cirurgia e não um milagre.. tem a parte que cabe ao médico e a parte que cabe ao paciente. Tenho uma amiga próxima que fez a redução e continua gorda, bem gorda, e ja tem um ano de gastro, fico sem entender, até meu filho perguntou por que ela nao emagreceu e eu emagreci mais que ela sem cirurgia.. então né.. cada um tem seu papel. Hoje uma mulher no meu trabalho perguntou se eu tinha feito a cirurgia..kkkkkk
bjokas lindeza e um ótimo feriado

novafasecampbell disse...

Precisamos mudar a cabeça primeiramente né amiga? Amo os seus posts e seus pensamentos!

Janaina disse...

Lu,eu nao fui uma obesidade morbita.mas tenho plena conciencia que a minha vida mudou,pra melhor nao sei,mas sei que hj com um ano e tres meses de operada, sou a pessoa mas feliz do mundo.Autoestima totalmente recuperada, e graças a Deus vc sabe pos operatorio totalmente longe do nosso medico foi maravilhoso.Hoje depois que tudo passou entendo a gravidade da nossa cirurgia e o quanto foi bem feito o trabalho do nosso cirugiao.Agradeço a Deus todos os dia por tudo e por ter colocado no meu caminho o Dr Hemerson que vc sabe foi fundamental.bjos

Janaina disse...

felizzzzzzzzzzzzzzzzz acho que consegui kkkkkkkkkkkkk

Linda disse...

Eita! rsrrs
Tudo bom amore?Saudades demais daqui!
Olha, eu concordo e assino embaixo.
Vi minha melhor amiga sofrer horrores por ser obesa e não se reconhecer naquele corpo enorme.
Pensa numa pessoa cheia da grana que pode ter tudo o que quer, todas as roupas, maquiagens, tudo tudo tudo, mas que não se sente bonita porque nada fica bem. Pois é, com ela era assim.
Aí fez a cirurgia, chegou ao manequim 36, e agora tá gorda de novo.
Não está obesa como estava antes, mas eu nunca imaginei que depois de tudo ela se permitiria chegar no ponto em que está.
É triste. Agora nada mais pode ser feito, depende somente dela.
Teve toda ajuda, todo apoio e toda orientação possível, tanto física quanto psicológica e jogou no lixo.
Dá vontade de puxara orelha e colocar de castigo! rs
Beijos querida!

Ívian disse...

Gosto muito da forma que vc aborda esse tema, pois é muito consciente e tem uma visão acertada e sensata. Realmente a cirurgia foi um meio para lhe auxiliar na redução do peso e para mantê-lo isso depende apenas de vc mesmo. Muito bom vc abordar isso aqui, pois pode abrir os olhos de algumas pessoas que tem essa mente distorcida em relação a cirurgia que acham que num passe de magica e magrecerão e nunca mais engordarão de novo se nao cuidareme continuarem comendo desenfreadamente.

Passar por todo esse processo não deve ser nada facil e muitas pessoas nao tem a consciencia da importancia de seguir uma vida regrada, com bom senso e equilibrio, que uma alimentação balanceada e nutritiva faz diferença na vida e no nosso dia a dia.

Parabéns mais uma vez para vc que é uma mulher decidida e que procura uma vida mais saudavel e controlada.

Bjss lindona!

ANA CHRISTIANE disse...

POIS EU AMOOOOOOOOOOOOO SEU BLOG LU...E AMO A FORMA COMO VC TRATA QUALQUER TEMA OU FATO COTIDIANO!!ENTÃO AMIGA, QUE TUDO QUE VC ESCREVE AQUI SEJA MOTIVO DE ORGULHO, POIS TENS INSPIRADO A MUITAS PESSOAS NA MUDANÇA DE VIDA TBÉM, SEJA PALA CIRURGIA, SEJA PELA CONVENCIONAL RA, OS MEIOS É QUE IMPORTAM PRA ALCANÇAR O OBJETIVO ALMEJADO!!! LU...TENS RAÇA, TENS HOSTÓRIA, TENS SUSTÃNCIA, ÉS UM MOTOR QUE NOS MOVE A SEGUIR FIRME!!ENTÃO CONTINUE SENDO ESSA PESSOA SINCERA, VERDADEIRA E AMIGA QUE VC É!!!EU ACHO, SEM TIRAR NEM BOTAR, QUE QUEM FAZ BARIÁTRICA AINDA LUTA MAIS, POIS EXISTE O RISCO DA CIRURGIA, E AINDA TER QUE FICAR SÓ NO LÍQUIDO E NO PASTOSO NO COMEÇO, NÃO É TODO MUNDO QUE AGUENTA!!ENTÃO, CONTINUE ASSIM...SENDO ESSA LU QUE NOS CATIVOU COM SEU CARINHO E NOS ILUMINA COM SUA HISTÓRIA DE VIDA!!!BJUSSSSSSSS AMIGA

Lisi disse...

Obrigada por comentar no meu blog! Me inspiro muito em ti, por mais que eu não faça a gastroplastia. Na minha opinião, como diz o livro magra não, gorda em recuperação, somos gordos, mesmo em corpo de magro, temos que nos cuidar para o resto da vida! E é assim que eu pretendo viver, reduzindo tudo pra viver melhor! Grande beijo!!! Bom findi!

sirleylima disse...

oi Lu! eu sou suspeita em comentar, pq amo visitar seu blog, ler seus relatos...qndo comecei a visitar seu blog estava pensando em fazer a gastro e lendo seus relatos vc me deu tanta força, tirou os meus medos e me ajudou com minhas angustias...vc me ensinou a correr atrás dos meus objetivos...me inspiro em vc para q tudo de certo e eu consiga a chegar na minha meta...espero algum dia te conhecer pessoalmente...
Que JESUS te abencoe e te cubra de bençãos!!!!!!!!!

Márcia disse...

Ei, Lu. Fiz a cirurgia há 5 meses, emagreci 30 quilos, e... ENFIEI O PÉ NA JACA ESTA SEMANA. Minha filha fez aniversário domingo, e minha casa está cheia de brigadeiros. O que você postou me deu uma sacudida, e garanto que vai servir pra muita gente... Valeu!
Márcia / Belo Horizonte

Márcia disse...

Ei, Lu. Fiz a cirurgia há 5 meses, emagreci 30 quilos, e... ENFIEI O PÉ NA JACA ESTA SEMANA. Minha filha fez aniversário domingo, e minha casa está cheia de brigadeiros. O que você postou me deu uma sacudida, e garanto que vai servir pra muita gente... Valeu!
Márcia / Belo Horizonte

Juliane disse...

Que post maravilhoso.
Como sempre dizemos a gastro não faz milagres. Acredito que a modificação deve acontecer de dentro para fora. Claro que existem deslizes, mas são apenas deslizes e não habitos. Infelizmente existe muitas pessoas que não mudam o interno. Eu mesmo já fiz uma auto-analise e me remodelei por dentro, pois se continuasse com aquele mesma insegurança e descontando tudo na comida, mesmo gastroplastizada, eu engordaria novamente. Fico imensamente triste quando vejo pessoas engordando novamente pelos mesmos habitos e como vc disse depois de toda a transformação, que diga-se de passagem não é fácil, perdendo novamente o controle do próprio corpo e por fim tornando-se obesas ou próiximo disso novamente.

Saudades ...

Jú!

Janaina Mello disse...

Acho que está certíssima. Consciência sempre e claro se houver ainda algum disturbio alimentar aa pessoa precisa recorrer rápido porque se trata da pp vida!

Suziane Burguez Proença disse...

Parabéns pelos 5 anos.
Você é persistente, esse talvez seja o segredo do teu sucesso. Se resolver fazer algo vai até o fim!!!
Bjuuuuuuuuuuuuus.

Isac Aires disse...

parabéns pelos 5 anos de sucesso, o segredo dele depende de vc e do seu carisma, bj.
Aguardo sua visita no meu blog e vlog, onde conto
tudo sobre minha cirurgia bariátrica.
|Blog| http://isaclourenco.blogspot.com.br/
|Vlog| http://www.youtube.com/100observacoes

Bruxa do 203 disse...

Parabéns pelo aniversário do blog!!!

Seja qual for o método de emagrecimento, operando ou não, com remédio ou não, depois, na hora de manter, não tem como escapar da reeducação alimentar, da mudança de hábitos. Num passado bem distante, já fiquei uns 3 meses sem comer carboidratos, emagreci muito e claro... engordei. Ou aprendemos ou ficamos gordas.

dri disse...

Lú vejo cada coisa nosso meio ... Eu não fico me torturando ... Sigo as instruções que o meu médico me passou e a que a nutricionista passou também ... Principalmente pq tenho poucos meses de operada ... Mas, como vc disse é difícil de dar conselho pra pessoas que são teoricamente adultas ... A gente ajuda quem quer ser ajudada né ?!

Lu disse...

Lu, vc disse TUDO que penso... TUDOOO ...
PARABÉNS pelas palavras, eu não saberia me expressar com tanta sabedoria e educação, tenho certeza que não tão bem como vc ! Pq tem horas que irrita ver gente parando em minha frente ( as vezes estou com minha mãe do lado ) falando um monte de MERDA, tipo: se cuida, vc esta muito magra, tem muita gente morrendo por causa dessa cirurgia,viu? Minha mãe não diz, mais vejo que ela fica APAVORADA por suas atitudes... Gente que age exatamente como vc relata no seu texto .
Um bjo .
LU-DF

REINVENTANDO disse...

Muitas pessoas não tem essa consciência que é preciso se reeducar..acham que com a cirurgia todos os problemas da obesidade foram solucionados. Abraços. Sandra
Parabéns por 5 anos de blog!!

Babi Franco disse...

Boa Noite Lú... depois desse tempão venho aki te escrever! Me atualizei de muitas coisas... e fiquei sabendo que fui sabotada mesmo! Disseram coisas ao seu respeito prá mim, que fiquei magoada... pensava em nossa amizade, como algo além da gastroplastia... sempre tive um pé atrás com o projeto, (por ser seu)... talvez pensando errado, achei que vc queria ajudar apenas vc! Iria conversar com vc sobre isso pessoalmente... não gostei da maneira e das palavras que ficou sabendo. Enfim, nada do que aconteceu foi verdadeiro. A pessoa que nos colocou uma contra a outra, que descobri hj, é a Vivi Ramos... enquanto eu acreditava nela e nas coisas que ela dizia que vc falava, fui ficando magoada! Mas nunca falei de vc com ninguém... do seu caráter! Espero que entenda... É tarde prá desculpas... mas abra o seus olhos com essa Vivi... ela não é confiável! Sem mais... fico feliz pelo seu sonho ter dado certo!!! Seu livro!!! Parabéns! Se quiser postar o que estou falando... não tenho medo de ninguém, sou mulher suficiente para arcar com minhas palavras!

Betania Oliveira disse...

EU PENSO E ME COMPORTO EXATAMENTE COMO VC RSRSRSRS. E TÁ DANDO SUPER CERTO. APRENDI A COMER E COMO MINHAS SALADAS AMANDOOOOO. TENHO 7 MESES DE OPERADA E JÁ SE FORAM 35 QUILOS, 7 PACOTES DE ARROZ RSRSRSRS É MUITA COISA E UMA VITÓRIA A CADA DIA!!!! É UMA FELICIDADE SEM EXPLICAÇÃO. PARABÉNS PRÁ TODAS NÓS....

^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo