Contrangimentos enfrentados pela pessoa obesa!

25 janeiro 2012

Bom dia pessoal, algumas pessoas me sugeriram este tema, então ontem, após vivenciar algo que achei ridículo, resolvi que estava na hora de falar sobre ele. Saí para uma consulta pela manhã, e dela, iria almoçar com uma futura gastroplastizada que queria me conhecer. Mal saí, e já comecei a me sentir incomodada com a blusa que estava usando, estava larga e como era decotada, eu precisava ficar ajeitando o tempo todo. Terminando a consulta, já saí da clínica, procurando uma loja pra comprar outra blusa e trocar. Nem fiquei escolhendo demais, para não me atrasar para o almoço. Vi uma blusinha preta, básica, na vitrine da feira shopping e já entrei. Precisava experimentar, pois iria comprar e já sair de lá usando. Foi neste momento que fiquei indignada!! Estou pesando menos de 50 quilos, miudinha, pequenininha, e o provador simplesmente não me cabia!!!!!! Entrei e a vendedora fechou a cortina. Tenho fobia de lugares fechados, só de me lembrar fico agoniada. Quando ela me fechou lá dentro, me senti emparedada, não tinha espaço nem para tirar a blusa, não havia como movimentar os braços. Achei aquilo tão absurdo que tive que falar... Moça, não tem a menor condição de experimentar nada aqui, não consigo me mover, não tenho como visualizar a roupa no espelho... Não estava nervosa, estava era estupefata!!!!!!!!! Mas de que adiantaria falar algo, e argumentar com a vendedora??? A coitada poderia fazer o que a respeito?? Fui embora sem levar a blusa que até tinha gostado, só pela indignação... Comprei outra em outro lugar... Foi então que fiquei pensando e me recordando das coisas parecidas, que passei na fase obesa... Já caí de uma cadeira destas brancas, de plástico, que tem em todo lugar, em plena festa de aniversário do meu filho... Nem preciso dizer que pra mim, a festa acabou naquele momento né??? Provadores sempre foram vilões pra mim, por serem muito apertados, mas este de ontem superou tudo. Houve uma dia ainda na adolescência, em que escorreguei em uma poça de óleo no asfalto e rolei ladeira abaixo... Nas filas dos supermercados, onde as pessoas não tiravam os olhos dos meus carrinhos de compras, como se eu fosse comer tudo aquilo sozinha!!! O dia em que o balanço do meu filho quebrou, e sem ao menos saber o que havia acontecido, uma vizinha disse... Aposto que você estava balançando nele!!! E no ônibus??? Passava a viajem toda sentada sozinha em uma poltrona para dois, enquanto havia uma multidão de pessoas de pé!!! Não se sentavam ao meu lado, por medo de ficarem espremidas... Já desci do ônibus várias vezes só por vergonha!! Certa vez em um restaurante, quando ia almoçar sozinha, pedi uma porção individual, o garçom sem pensar duas vezes disse... É melhor pedir para duas pessoas, esta não dará pra você!!!! Fiquei tão chateada que saí de lá e nunca mais passei nem na porta!!! São muitas histórias!! Gordo não pode nem ficar doente... Tantas vezes, quando ficava internada, ouvi enfermeiros dizendo entre si, que já estavam descadeirados, por ficarem me carregando!!!! Não é fácil a vida de um obeso, embora as pessoas insistam em julgar e condenar, em associar obesidade com preguiça, não é bem assim que funciona.... É claro que o obeso não faz atividade física!! Em determinado estágio, é difícil até para andar, imaginem uma pessoas de cento e tantos quilos, correndo pela avenida, ou fazendo musculação!!! Já imaginou na esteira, que desastre seria??? Mas ninguém vê por este lado, é muito mais fácil criticar!!! Observei agora que emagreci, que as pessoas sentem medo até da quantidade que você come, pois hoje vivo recebendo convites pra tudo... Almoçar,comer pizza, sorveteria... Antes isso não acontecia e são duas as razões que atribuo.... Uma é o desfalque que as pessoas acreditam que terão, por convidarem um obeso, à se sentarem à mesa... Outra, é que sentem vergonha de chegarem nos lugares, acompanhadas de uma pessoa tão grande... Não é terrorismo gente, quem passou ou passa por isso, sabe que não estou sendo exagerada. A pessoa obesa, é discriminada a todo momento, e então, quando se cansa, quando não aguenta mais passar por tantos constrangimentos, e decide mudar de vida, quando opta pela cirurgia bariátrica, por ver nela, a única saída,continua sendo criticada... Ouve que optou pela maneira mais fácil, que não foi persistente o bastante... Muitas vezes ouvimos uma frase que considero ridícula... Mas você não precisa disso...Me poupem!!!!!!!!! Precisamos da cirurgia sim, e sabemos disso!!! Não é só constrangimento que conta, a saúde, nesta fase, já está toda comprometida!! Não precisamos, é desse olhar de piedade! Não somos fracassados, somos vencedores quando tomamos essa decisão!! O que ninguém precisa, é passar uma vida inteira sofrendo humilhações e sorrindo, somente para agradar os outros. Obeso pensa, sofre, se ofende, se entristece, como qualquer outra pessoa!! E como qualquer outra pessoa, tem o direito de ser feliz!!! De viver dignamente!!!

Passeio das borboletas!!!

23 janeiro 2012

Nova logo do projeto!!!
Olá pessoal!! Andei desanimada de postar no final de semana,trabalhei sábado e domingo,acabei deixando pra hoje,mas como marido e João chegariam de viagem, precisei organizar melhor a casa para recebê-los, preparar alguma coisa na cozinha... Bom, tenho tema sugerido, mas vou deixar para amanhã, hoje quero mostrar a vocês, as fotos do nosso passeio de sábado. Combinamos de sair de última hora, fomos nos falando pelo face, e decidimos almoçar no shopping. Foi muito divertido, revi algumas meninas e conheci outras com quem já tenho contato via net. Estes encontros são muito importantes pra nós, não os encaro apenas como passeios banais. Sempre está presente alguma menina que operou recentemente, que irá operar em breve, então acaba sendo um apoio, uma oportunidade de esclarecerem suas dúvidas, ou compartilharem conosco, seus medos e experiências!! Este é o propósito do Projeto Gastro Feliz,mas ainda é muito pouco,quero ajudar de forma mais ativa... E não só a estas meninas que convivem comigo diariamente, pois estas possuem convênios médicos, algumas tem uma boa situação financeira, precisam de apoio, mas sobrevivem se não o tiverem. Quero ver esse projeto ajudando de verdade, a quem precisa muito, a quem não tem nenhum tipo de apoio e sofre com todos os problemas causados pela obesidade. Este encontro foi especial, fizemos algumas brincadeiras, sorteamos um livro que ganhei de uma amiga e queria compartilhar com elas, rimos muito. É claro que como todos os nossos encontros, este também teve seu momento sério, onde conversamos sobre vários temas e dúvidas que fazem parte do nosso dia dia. A comida estava maravilhosa!! Salmão com batata sautee e brócolis ao alho. O melhor salmão de BH!! Vou deixar as fotos para que vocês conheçam mais algumas borboletinhas!!! Gostaria de agradecer pelos comentários de vocês por aqui e por email, receber esse carinho, me deixa muito feliz!!! Ando em dívida com as visitas, mas sabem que demoro, mas retribuo né??? Carlinha... Amo você viu amiga querida!!! Bjos gente e até mais!!!

Queda de cabelo!

20 janeiro 2012

Com certeza gosto mais do cabelinho de hoje, acho que estou mais jovem e combina mais com minha nova fase.
Olá pessoal!! Hoje vim falar deste tema bem polêmico, do qual já falei aqui outras vezes. Na verdade nunca dediquei um post especial a ele, se dediquei nem lembro, sinceramente!!! Eu não falaria sobre isso agora, aliás já havia me proposto a não falar mais, já que andei sendo retaliada, pela forma com a qual falei!!! Vale lembrar, que se eu estou falando sobre determinado assunto, segundo meu próprio ponto de vista, obviamente que agradarei a algumas pessoas e a outras não!! Nem sempre você vai vivenciar o mesmo que eu, tento ajudar, mas se a minha informação não é útil pra você,talvez seja para outro, e assim sucessivamente. Bom, o tema hoje, foi solicitado pela leitora Carla Salazar,mas na verdade tem sido muito indicado. "
Bem Carla, como disse, vou falar do tema, de acordo com o que eu vivenciei!! É claro que me preocupei,o cabelo para uma mulher, está diretamente ligado a feminilidade, significa muito pra todas nós. Acontece,e espero que desta vez minhas palavras não ofendam, que durante toda a fase pré operatória, ouvimos falar sobre isso e sabemos que iremos passar por essa, e por outras fases, que podem ser sim, desagradáveis. Tudo na vida tem um preço, resta saber se estamos dispostos a pagar. Eu particularmente, queria muito emagrecer, era tudo o que eu mais queria na vida, e em nenhum momento titubeei por saber que sofreria uma queda de cabelos. Todos sabem o motivo da queda certo??? Se não sabem vou explicar... O desvio que é feito no nosso intestino, que aliás é um dos maiores aliados da cirurgia, causa uma má absorção dos nutrientes, ocasionando desta forma uma grande carência. Normalmente, esta queda começa por volta do terceiro mês, podendo ir até o sétimo, ou enquanto durar o emagrecimento, vai variar de pessoa para pessoa. Pode cair muito sim, de acordo com o que leio, pode chegar a cair até 70% dos fios. Isso é assustador?? Depende de cada um!! Do quanto está ou não, disposto a passar pelo procedimento!!! Tudo na vida tem prós e contras, é necessário analisar o custo X benefício, antes de tomar qualquer decisão. Eu, como já disse, queria ter minha saúde de volta, minha auto estima restaurada e minha alegria de viver!!! Se ficar careca, fosse o preço que eu teria que pagar, podem ter certeza de que teria pago!!! Mas podem ficar tranquilas, pois em nada do que já li a respeito, encontrei nenhum relato de alguém dizendo ter ficado completamente careca. Na natureza, tudo se renova, inclusive os cabelos!! Existem no mercado, vários produtos e até medicamentos, que prometem amenizar os efeitos, mas não sei se irão concordar comigo... Se a queda, está relacionada às grandes mudanças que ocorrem nos hábitos alimentares, e se sei que quando o organismo se adaptar a estes novos hábitos, o problema será resolvido, além de saber que este inconveniente é consequência de uma atitude que irá restaurar minha saúde, melhorando minha qualidade de vida, tem cabimento ficar desesperada por causa dela?? Me desculpem, mas pra mim não tem!!! Talvez eu tenha me preparado psicologicamente mais do que os outros, sei lá... Mas acho que não!! Só sou consciente e tento priorizar o que realmente é prioridade, e meus cabelos não eram minha maior prioridade. Quando ia lavar e ficava aquela bucha enorme de fios no chão do banheiro, juro pra vocês, o máximo que pensava era.. Se cair tudo, compro uma peruca!! Sei que muitos me condenam por falar desta forma, mas não consigo ficar medindo palavra para falar de algo, que considero tão óbvio. Meus cabelos foram caindo e eu fui renovando o corte, não pela queda, mas pq quanto mais fios caíam, mais magra eu ficava e os curtinhos combinaram muito pra mim!! Embora os produtos estejam disponíveis no mercado, eu nunca sequer troquei meu xampu, ou pedi ao meu meu médico que me receitasse algo, só vivi dia após dia e não fiquei careca!! Os fios nem me fizeram falta!! Eu, gastar dinheiro com medicamentos e produtos químicos, sabendo que estaria desperdiçando a grana e o tempo?? Não mesmo!! Gasto sem dó, quando acredito que valha a pena, não era o caso. Então, o tempo passou, meu peso se estabilizou, o organismo se adaptou à nova alimentação e hoje, meu cabelo já não cai mais!! Estou magra, feliz, com cabelos e me sentindo lindinha, sem falsa modéstia!!! Como eu já disse, tudo se renova, e estou cheia de fiozinhos novos e saudáveis! Vida normal!!! Carla, me desculpe se pareci grossa na forma como me expressei, nunca foi minha intenção,mas é assim mesmo que penso, e se falar de forma diferente, nem parecerá que foi escrito por mim!! Espero que o post tenha esclarecido e ajudado de alguma forma, tanto a você, quanto às outras borboletinhas, que ultimamente andam ouriçadas por medo de perderem suas lindas madeixas!!!
"
Estão vendo esta menina?? Laís é o nome dela, não fez redução de estômago!!! Tem leucemia, e quando perguntei a ela sobre os cabelos, se ficava trite por não tê-los, ela disse sorrindo que não, pois quando tiver saúde vão crescer!! Foram estas, as palavras dela!!! E só para evitar qualquer situação desagradável, quero informar que tenho autorização legal, emitida pelos pais, para uso das imagens da linda Laís!! Bjsssss Ps... Desta vez não usei aquela frase que quase me fez levar uma surra virtual, prefiro ficar magra e careca, do que gorda e cabeluda, mas podem ver nos comentários que não sou a única a pensar assim!!

Egoshot!!!!!!!!!

19 janeiro 2012

Bom dia pessoal!! Hoje tenho tema sugerido, mas acordei com vontade de falar de mim!! Postar fotos, papear,saudades de vocês uai!!! Estive pensando, que já que o blog completou 4 anos no ar sem interrupções, e que tenho muitos seguidores que fui adquirindo no decorrer desse tempo, que não são "gastros", devo continuar dando sempre, atenção a este meu público também!! Poisé galerinha, ando feliz demais com o rumo das coisas,entrei o ano de 2012, meio que sem acreditar em uma coisa simples...Foi a primeira vez na minha vida, que não incluí na minha listinha de desejos, a palavra emagrecimento, ou "perder tantos quilos", ou mesmo, "deixar de comer doces"... A verdade é que comecei o ano magra, sem a necessidade de perder mais nenhum quilo, como de tudo, porém em quantidades moderadas, e estou tão feliz, que observei que não consigo parar de sorrir. Talvez esteja me despedindo do aparelho, dia 26 minha dentista vai moldar o móvel, e na semana seguinte retirar este!!! Na verdade iria retirar mês passado, mas por causa dos imprevistos de fim de ano, tive que esperar terminarem as férias!!! Ando fazendo ainda, aquelas fotos para o book sensual, parei por um tempo por causa da cirurgia no fim do ano, da recuperação, e já sabem né??? 1o segundos no tripé, e sai a doida correndo casa afora pra fazer a pose!!! É uma piada, tinha que ver!!! Mas vai ficar pronto, este ano ainda, isso sim está na minha listinha!!!rsrs Sabem de uma novidade??? Estou tomando um novo suco que dizem fazer muito bem à pele!!! Pepino com abacaxi!!! Sou meio natureba, gosto muito de sucos, costumo dizer que aqui em casa, deu bobeira, vira suco!!! Sem contar que é uma delícia!! Gente, o cabelo!!!!!!!!!! Pedi sugestões aqui, e não contei a vocês o resultado, vejam o que decidi, vou deixar como está só por mais um tempo, estou até usando anelado, como podem ver na foto do carro, só pra ficar um pouco com ele maiorzinho, e em seguida volto ao meu chanel, até pra variar um pouco!! Vou mostrando fotos e podem dar as opiniões de vocês viu!!! São sempre bem vindas!!! Mas é isso galera, queria mesmo um tempinho com vocês, sem falar somente sobre a gastroplastia!! Um beijo enorme em todos e que tenham um dia lindo e abençoado!!
Nem reparem a sessão gente, mas acho que fiquei narcisista depois que emagreci,só pode!!O espelho do banheiro anda pequeno demais pra mim!!!rsrsrs

Atingir ou não as metas, e REganho de peso.

18 janeiro 2012

Bom dia pessoal!!! Hoje venho falar sobre o tema sugerido pela leitora Paula Pugliese. A Paula me questiona, sobre os resultados obtidos com a cirurgia bariátrica a curto e longo prazo. Ela afirma que para sua meta, ainda faltam 20 quilos e que tem receio de não conseguir alcançar, mas que contudo, esta não é sua única preocupação, pois uma vez alcançado o peso ideal, é necessário mantê-lo!!
Paula, fique tranquila, você não é a única a sentir esses medos. Na fase de emagrecimento, esta é uma grande dúvida, que passa pela cabeça da maioria dos operados, inclusive passou pela minha!! No início, quando os quilos a serem eliminados ainda são muitos, por mais que os números na balança diminuam a cada pesagem, parece que os resultados não são visíveis, demoramos, para sentirmos realmente a diferença nas roupas, no espelho... Isso as vezes é frustrante, estou dizendo por mim... Particularmente, comecei a me entusiasmar com os resultados, depois que emagreci os primeiros 20 quilos, isso aconteceu por volta do terceiro mês. Me lembro que saía para minhas caminhadas matinais, ainda bem pesada, e durante todo o percurso pensava, será que isso vai funcionar?? Será que vai dar certo pra mim?? Como eu queria muito que desse, voltava no fim do dia e caminhava por mais uma hora, e quando chegava o final de semana, depois de fazer tudo certinho em relação a alimentação, de andar muito,(único exercício físico que fiz e somente durante as férias), entrava em uma loja e nada cabia!!! Muitas vezes chorei, mesmo depois de operada, por não encontrar nada que servisse. Mas eu sempre tive consciência, de que a cirurgia não operaria milagre algum, que me ajudaria de forma eficaz sim, mas que para que isso acontecesse, seria necessário que eu fizesse sempre a minha parte e seguisse todas as orientações do meu cirurgião, e da minha nutricionista. Não desanimei e segui tudo exatamente como eles disseram. Os meses foram passando e comecei a ver os resultados, mas a dúvida ainda me perseguia. Lia tudo o que encontrava sobre o emagrecimento de outros gastroplastizados, tempo médio até obtenção dos resultados esperados, e também sobre REganho de peso a longo prazo. Sempre fazia as comparações, com pessoas que tinham mais ou menos o mesmo peso e altura que eu, desta forma, o IMC também era parecido. Depois de um certo tempo, confesso que essa questão do REganho, passou a me preocupar muito mais, do que saber se ia ou não atingir as metas estipuladas. Não sei se foi só uma cisma, mas depois que parei de me preocupar tanto com o emagrecimento, ele fluiu melhor. Em nenhum momento deixei de seguir as orientações, porém, parei de ficar sofrendo só em pensar!! Venci o vício pela balança, chegava a me pesar 3 vezes por dia, em locais diferentes da casa, pra ver se faria alguma diferença. Sem essa neura, conseguia aproveitar a vida, enquanto emagrecia. Aos oito meses de cirurgia, atingi a tão sonhada meta, e digo que não foi fácil,pois me exigiu muita disciplina, coisa que uma pessoa obesa compulsiva como eu era, não está acostumada. Tive que me reeducar de verdade, não só no quesito alimentação, a cirurgia mexe com você, em todos os aspectos, mas não foi a coisa mais difícil do mundo. Costumo dizer que "fizemos a nossa parte",a cirurgia atuou exatamente da forma que me foi proposta, foi uma maneira forçada de fazer o que no final das contas, é o que funciona, fechar a boca, e comer só o necessário para alimentar o corpo e mantê-lo vivo e saudável!!! Eu, em contra partida, obedeci aos sinais do meu corpo, parei de comer sempre que me senti saciada, jamais extrapolei os limites!! Vejo casos de pessoas, que comem além do suportado pelo estômago, e provocam vômitos, para em seguida, comerem tudo novamente.(Ecaaa!!!!!) Nunca fiz isso, não foi pra isso que operei!!! Hoje, após ter emagrecido todo o necessário, a idéia do Reganho de peso já não me assusta mais!! Mas não me assusta pelo fato de ser impossível acontecer??? De forma alguma!!!!!! É completamente possível que aconteça!!!! Conheci um homem que operou e emagreceu muito, porém antes mesmo de atingir a meta, começou o processo de aumento de peso, e hoje acreditem ou não, pesa mais do que antes de ter passado pela cirurgia. É lamentável!!! E me perdoem os que não concordam, sei que ninguém está livre disso, porém depende de cada um!!! É minha opinião!! E como o propósito deste blog é este, contar minha experiência pessoal, me sinto no direito de expressá-la!!! Considero uma total falta de respeito com a própria vida, com o trabalho dos médicos e também com a vida de tantos outros obesos que sonham com esta oportunidade, quando uma pessoa passa pela cirurgia e por mero desleixe, volta a engordar!! É por isso que sempre ressalto a importância de um bom preparo psicológico antes da cirurgia, e acompanhamento depois dela, pelo tempo que for necessário. Não tenho mais medo de recuperar meu peso antigo!! Hoje eu sei que está em minhas mãos, cuidar para que isso não aconteça!! Eu cuidei de mim, me preparei emocionalmente para as mudanças e hoje me sinto pronta para lidar com todas elas. Sei que devo continuar me policiando sempre, não existe ex obeso, mas como eu sempre disse aqui!!! Existem muitos gastroplastizados que deram certo, e é a este grupo que quero pertencer sempre!! Paula minha querida, tentei responder às suas dúvidas, de uma forma bem pessoal, pois foi assim que elas chegaram até mim, espero ter atendido as suas expectativas e que possa te tranquilizar um pouco. Fique calma, pois se está fazendo tudo certinho como me relatou, estes 20 quilos que ainda restam, muito em breve serão eliminados, e se você fizer a sua parte e der o melhor de si, com certeza seu resultado a longo prazo será um sucesso, assim como farei de tudo, para que seja também o meu!!!
Até mais pessoal!! Em breve direi qual foi o próximo tema sugerido!!!! Continuem enviando suas sugestões!!!

Gastos Com a Cirurgia Bariátrica!!

13 janeiro 2012

Bom gente, imprevistos acontecem e infelizmente, pra me deixar com cara de tacho, a programação do blog não está funcionando, talvez pela bagunça que fiz com os códigos, tentando trocar o template... Sei lá.. O tema de hoje, foi sugerido pela leitora Elizângela Cardoso, que ainda se encontra na fase pré operatória, e tem dúvidas sobre os gastos que terá, pois sabe que embora a cirurgia em si, seja totalmente paga pelo seu plano de saúde, sempre existem alguns gastos além, e não quer ser pega de surpresa!!
Pois bem Elizangela, gostei muito da sua sugestão, pois realmente os gastos existem e muitas vezes não estamos preparados para eles. Não vou poder falar com precisão sobre valores, pois isso vai variar muito, dependendo do local, das marcas, das exigências feitas por cada cirurgião... Enfim, falarei sobre os possíveis gastos, para passar uma base, e deixo o orçamento por conta de vocês, ok?? Lembrando também, que tudo que digo, é baseado somente na minha própria experiência!!! Na fase pré operatória, os gastos são com transporte e alimentação para as várias consultas que terá que fazer, então é bom que o paciente esteja sempre preparado, para gastar com passagem de ônibus, táxi, ou gasolina e estacionamento, além de lanches!! Pode parecer bobagem falar isso, mas não é!! Se vamos falar sobre gastos, não posso deixar nada de fora!!! Uma vez marcada a cirurgia,temos algumas despesas maiores. Já no pós operatório imediato, é necessário fazer o uso diário de uma cinta modeladora, eu até digo que é lingerie pós cirúrgica rsrs, na verdade é um macaquinho que a maioria das pessoas compra da Yoga, por serem mais conhecidos, mas que não precisam necessariamente ser desta marca. Na verdade, precisam ser sim, do modelo recomendado pelo médico e de boa qualidade, eu usei os da Yoga, então digo que em termos de qualidade, são excelentes, mas são realmente, bem mais caros do que os outros disponíveis no mercado, logo, cada paciente tem a liberdade de escolher a marca, de acordo com o que a situação financeira permitir. O uso do macaquinho é essencial, pode ser que alguns médicos não façam questão, mas confesso, que até hoje, não conheço ninguém que não tenha usado, e nenhum médico que não o tenha solicitado, mas como cada um segue um critério diferente, pode acontecer sim! O motivo pelo qual seu uso é importante, é assunto para outro post!!! O paciente gastará também, comprando injeções de Clexane, que é um anticoagulante usado para prevenção de trombose. Meu médico solicitou que tomasse uma, na noite anterior à cirurgia, no hospital tomei mais algumas, uma por dia, mas estas foram por conta do convênio. Algumas pessoas me relatam, que precisaram tomar 10 ou mais injeções, verifique com seu médico quantas lhe serão receitadas, se estiver colocando os gastos na ponta do lápis, essa informação será útil!!! Outra despesa pela qual muitas pessoas não espera, é com a alimentação, afinal quem reduz o estômago não deveria gastar com comida, certo??? Errado!!!! A pessoa reduz o estômago, diminui seu tamanho, não deixa de comer!! Só come menos ué!!!! E o detalhe é que no início, a alimentação é diferenciada, de certa forma, especial, então acaba sendo uma rotina diferente, o que muitas das vezes, a torna mais cara. Nas primeiras semanas após a cirurgia principalmente, pois é uma fase de adaptação, onde o paciente deverá ingerir muitos líquidos, frutas, legumes...(batidos e em forma de sopa, é claro!!) É bom que sempre esteja a disposição na geladeira, alguns ítens como gatorade, água de coco, sucos naturais... Enfim, alimentos saudáveis, sendo que alguns deles, não fazem parte do cardápio, nem do cotidiano da maioria das pessoas, e acaba sendo um gasto além do que se espera, estejam preparados!!! Dois ítens que podem entrar na lista dos gastos, mas que não fizeram parte da minha, foram uma meia anti trombose e um aparelhinho chamado respiron. Como eu já disse anteriormente, cada médico, cada equipe, adota um critério e o segue. Meu médico não me solicitou o uso de nenhum dos dois, se o seu solicitar, compre e siga suas orientações!!! Lá no início, eu disse que imprevistos podem acontecer, sempre, em qualquer situação, aconteceu até com minhas postagens, por qual motivo em um pós operatório, não poderiam ocorrer alguns também??? Então, ao receber alta do hospital e voltar pra casa, tenha em mente, que além do material para fazer curativo e daquele analgésico, que a receita te manda comprar, pode ser que você precise de algum outro medicamento no decorrer dos dias, algum antibiótico, antitérmico... É bom saber que caso alguma coisa aconteça de maneira diferente da esperada, poderá haver também, algum gasto inesperado!!! A lista parece não ter fim, mas tem!!!!!!!! Por último, vou falar de um gasto constante na vida dos gastroplastizados!!! Vitaminas!!!!!! Alguns médicos não começam com elas logo no início, e só as prescrevem, caso o paciente apresente alguma deficiência. No meu caso, logo no primeiro mês, já me foi receitado Centrum e Caldê, sendo que o Caldê, a recomendação foi de tomar por 90 dias e o Centrum, por todo o sempre!!! Elizângela, como eu disse, esta é somente uma base, para que você, assim como os demais leitores, possam se situar e terem uma noção do que gastarão com a cirurgia, mesmo tendo convênio médico! Com ela, ficará mais fácil para fazerem os orçamentos e se prepararem melhor! Muito obrigada pela sugestão do tema, e espero que tenha sanado suas dúvidas!!
No próximo post, falarei sobre os resultados da cirurgia a longo prazo, o que esperam os pacientes em relação às metas e reganho de peso. Tema que me foi sugerido pela leitora Paula Pugliese.

Escolhendo o cirurgião.

11 janeiro 2012

A cirurgia bariátrica, como já mencionei por diversas vezes, é uma decisão muito séria, importante e que precisa ser cercada de alguns cuidados, para que se obtenha sucesso.         Na minha opinião, depois de optarmos e nos decidirmos  por ela, a segunda decisão mais importante, é  a escolha pelo cirurgião!                                                                                   A decisão pela cirurgia, embora para muitas pessoas que vêem de fora, na maioria das vezes pessoas magras, ou que não convivem diariamente com um obeso e com todos os problemas e estigmas que ele carrega, é uma decisão difícil. Assumir que precisamos de ajuda, que já não podemos mais sozinhos, que é hora de dar um basta e encarar o fato de que a obesidade é uma doença séria e que precisa de tratamento, pior ainda, reconhecer que estamos doentes, é frustrante, a sensação de impotência é enorme! É claro que existem aqueles casos, onde o paciente ainda não tentou de tudo,(nem quer tentar) e opta pela cirurgia, talvez até por achar que é a forma mais fácil de se resolver o problema, e então, sem sequer pensar e analisar, sem se preparar psicologicamente, se submete ao procedimento que podemos sim, dizer que é um procedimento de grande porte, que gera mudanças em todas as áreas da vida, com profissionais nem sempre qualificados. Ao dizer "nem sempre qualificados", não me refiro à formação acadêmica dos profissionais!! Credenciais e registros do médico, tanto quanto se está apto e tem autorização, para realizar o procedimento, são informações importantes que devem ser checadas!! Obviamente que a estes requisitos, qualquer cirurgião deve preencher, mas como vocês sabem, eu tenho um jeitinho muito particular de ver as coisas. Para mim, além dos registros necessários, muitos outros requisitos são essenciais para que uma pessoa possa dizer que encontrou um bom cirurgião. Eu não operei com o primeiro médico que visitei, quem já lê o blog,conhece toda a história, quem ainda não leu, mas gostaria, é só clicar aqui. Na verdade, o primeiro cirurgião parecia qualificado, pesquisei, era credenciado, seus registros estavam certinhos, mas passou longe de ser o que eu precisava, era frio, distante, com respostas monossilábicas... Eu falo muito,gosto que falem comigo, sou curiosa, preciso de respostas, mesmo que eu fique muda, que na hora não saiba o que responder, depois fico repassando cada frase que ouço e tirando minhas conclusões, é uma característica minha, acho que por isso, escrevo bem melhor do que falo... Com aquele médico, minhas perguntas ficavam no ar, muitas ele fingia não ouvir, não esclareceu dúvidas primordiais, e cada vez que ia ao consultório, saía de lá mais nervosa. Definitivamente ele não era qualificado!!! Eu tinha plena convicção do que queria, mas algumas pessoas, que precisam realmente da cirurgia, podem se sentir completamente desmotivadas se passarem por isso. Conheci o médico dos sonhos de qualquer paciente, atendeu a todos os quesitos, e é baseada nessa experiência, que digo o que considero importante na hora da escolha pelo melhor cirurgião. Posso estar errada??? Lógico que posso!!!Talvez nada do que eu diga aqui, tenha realmente importância, mas como estou falando da minha experiência pessoal, acata somente quem tiver a mesma opinião. Naquela época, eu ainda não sabia disso, mas o que o médico é com você, antes da cirurgia, será depois também!! Então fiquem atentos!!! Se logo de cara encontrou um médico muito frio, arrogante, que se sente o "Deus" na sua especialidade, repense um pouco, consulte outro pra ter como comparar. Pergunte sobre métodos, técnica a ser utilizada, se não entendeu, questione, pesquise, queira de verdade saber!!!! O que o médico fará dentro de você, fará de você "outra pessoa"!! É seu corpo, é sua vida, você tem o direito de saber, e ele tem o dever de te explicar!!! Você não tem a obrigação de saber tudo sobre a cirurgia, não precisa conhecer termos técnicos, mas é papel do médico, prestar os esclarecimentos com boa vontade!! O médico não tem obrigação de ser seu amigo íntimo, mas um sorriso, passa segurança ao paciente. Passar segurança faz parte do processo!!Isto, é estar capacitado!! O obeso, por natureza já é uma pessoa insegura, carente de afeto... Quando está frente a frente com o cirurgião pela primeira vez, vê nele a esperança, a oportunidade... Vê nele a chance de ter uma vida melhor... Digo a vocês com toda a sinceridade que possuo, que me encontrei em uma situação tão crítica, nos meus últimos dias antes da cirurgia, que pensava no meu médico, como a pessoa que salvaria minha vida!! E foi exatamente o que ele fez. Não existe maneira de prever, como o médico o tratará depois da cirurgia, portanto os sinais são importantes. Aí você pergunta... Como assim sinais??? Se o médico não te dá a menor assistência antes de operar, com certeza não dará depois também... Se precisa falar com ele antes, e sempre encontra dificuldade, encontrará com certeza depois!!! Médico monossilábico antes da cirurgia, não vai ficar falante depois dela, e é depois, que as principais dúvidas aparecerão, e vão por mim, na prática, costuma ser mais complicado!!! Sempre indico meu cirurgião a todos quanto posso, mas sei que nem todos podem operar com ele, por vários motivos, obviamente!! Eu gostaria muito, que todos tivessem a oportunidade de passar por esta experiência, com profissionais tão sérios e competentes quanto ele, pois vejo o respeito, com que trata a vida de todos os seus pacientes, sei que como ele, existem muitos outros, até em sua própria equipe,seus residentes também estão indo pelo mesmo caminho, tão novinhos e já são ótimos,isso me deixa muito feliz!!! Mas como foi ele quem me operou, acho justo que seja ele, o meu exemplo citado. Quando forem se consultar com o cirurgião, lembrem-se com carinho disso que estou dizendo, isso não é ser uma pessoa chata, é ser uma pessoa exigente, que valoriza a própria vida, que não a entrega nas mãos de qualquer um!! Diploma é muito importante, mas não se esqueçam jamais, de que papel aceita tudo e não deve ser o único fator a ser considerado... Espero mesmo que este post venha de alguma forma, a contribuir positivamente na hora da escolha, e que todos vocês, sejam tão felizes quanto eu estou sendo, por ter tomado a decisão mais acertada, no momento oportuno!!

Bagunça!!!

09 janeiro 2012

Não reparem a desordem!!! Estamos adaptando a nova lay!!!

Voltando à ativa!!

Bom dia pessoal!! Como já havia dito a vocês, o bloguinho hoje volta a ativa com muitas novidades!! Algumas vocês já podem ver, como o botão seguir do Twiter, e o formulário de dúvidas. Isso mesmo, Gastro Feliz agora está também no Twiter, para nossa melhor inteiração. Uma outra novidade bem útil, é que agora temos um email exclusivo para os leitores do blog, então se o assunto é obesidade, gastroplastia e emagrecimento, se querem falar comigo sobre estes temas,o email é lugastrofeliz@gmail.com. A novidade que a meu ver é mais relevante,é relacionada às postagens, que são a alma do blog não é mesmo?? Afinal, ninguém vem até aqui pra ver layout ou pra alimentar bichinhos virtuais, assim penso eu!!!!rsrs Pois bem, amo escrever, amo falar sobre mim, mostrar minhas fotos de antes e depois da gastroplastia, mas meu principal objetivo, é ajudar com informações, a quem delas precisem. Resolvi ouvir as opiniões dos meus leitores e à partir de agora vou falar sobre os temas que mais geram dúvidas, assim, com a ajuda de vocês, vou fazer com que este espaço seja realmente útil. Não quero passar horas e horas do meu dia na frente de um computador, atoa, se não é útil, não me interessa. Tenho recebido muitas críticas de pessoas que não conseguem entender o que quero e o que pretendo com isso. Pois bem, responderei primeiramente à estas pessoas.. " Meu objetivo com este trabalho, sim pra mim isto é um trabalho !!,é simplesmente prestar um apoio voluntário,a qualquer pessoa, seja ela rica, pobre, branca, negra, jovem ou idosa,que venha até mim em busca dele!! Este apoio, que por sinal eu não tive na minha fase obesa, nem na minha fase pré operatória, pode sim fazer diferença nos resultados a longo prazo. Uma frase que ouvi que que realmente me deixou chateada foi a seguinte... A Lu não tem base científica, não é médica, nem sequer enfermeira, e acha que tem autoridade pra ficar orientando obesos por aí!! O que posso dizer ao autor da frase é que foi uma crítica muito construtiva, pois fez com que eu ficasse cada vez mais atenta, para não ultrapassar meus limites. Até onde eu sei, nunca respondi nada a ninguém, me passando por médica, ou profissional da saúde, pelo contrário, sempre enfatizei, que tudo o que digo é baseado na minha experiência pessoal!! Sou fotógrafaaaaa!!!! Acabei de me formar em Comunicação Social, com ênfase em Fotojornalismo!!!! Não tem nada a ver com saúde!!! (Ai que lindo, acabei de me formarrr!!Ebaaa) Mas mesmo não sendo profissional da saúde, e não tendo conhecimento técnico algum, procuro ler muito, pesquisar e me informar, para não vir aqui escrever artigos discrepantes, colocando em risco a saúde das pessoas. Nunca receitei nenhum medicamento,simpatia, mandinga, nada!!!!!!!!!!!!!!!!! Estou aqui oferecendo simplesmente meu apoio. Se alguém se sente ofendido com isso, me desculpe, mas este é meu propósito!!! Um projeto de vida que tracei, simples assim!! Críticas serão bem vindas, sejam elas construtivas ou não,o email continua sendo o mesmo para todos!! Já recebi muitas sugestões de temas e pretendo abordar todos eles. Gostaria de contar com as opiniões de vocês, podem deixar comentários,eu sempre respondo a todos, mesmo que demore um pouquinho! No primeiro post, que estará no ar amanhã, abordarei o tema sugerido pela leitora Nanda Reis,que é "A Escolha do Cirurgião". Incluí nele,meu ponto de vista a respeito dessa escolha,e a melhor forma de saber se o cirurgião que você escolheu, é ou não credenciado e apto à realizar a cirurgia. Não percam, o post trará informações muito importantes, que podem ser de grande ajuda!! Conto com os comentários de vocês, é através deles que sei se o que escrevo está ou não, sendo útil de alguma forma!! Um grande abraço, morro de saudades deste cantinho, me sinto tão a vontade entre vocês!!!

Vida que segue!

07 janeiro 2012

À partir de segunda feira, novidades no bloguinho! Não deixem de conferir!!!!
^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo