É preciso se lembrar sempre, de onde você vem!!

28 setembro 2012

Bom dia gente!
Estava me recordando da minha infância, do que comia na minha  infância, pra ser mais exata.
Podemos observar hoje em dia, na alimentação dos nossos filhos, e os blogueiros mais novinhos, na própria alimentação, que tudo, ou pelo menos a maioria dos alimentos, é diferente do que nos era oferecido antigamente. Falando assim, parece que sou uma tia velha, não é isso, mas que já passei dos trinta e não sou mais nenhum brotinho, não é segredo pra ninguém!
Acontece que fui criada pelos meus avós, em uma cidade do interior de minas, *(leia-se "na roça").
Talvez por dois fatores particularmente, minha alimentação naquela época, era bem diferente da que tenho hoje e não estou falando sobre redução de estômago. Não neste aspecto.
Morava na roça e a situação financeira dos meus avós não era das melhores, nunca faltou comida, mas as opções não eram muitas.
Quando se fala em roça todos pensam em muita fartura, uma grande variedade de pães, queijos, bolos, biscoitos, leite, frutas saborosas e frescas, legumes colhidos na hora..
Mas esperem um pouco... Eu disse que morava na roça, não em uma fazenda, vão por mim, a diferença é muito grande.
Fui criada ingerindo comida no café da manhã, ou no lanche da tarde. Quando sentisse fome. Comida...(arroz feijão macarrão...)
De vez em quando tinha um pão caseiro, de vez em quando tinha um bolo, mas no dia dia, na rotina, ia pra escola sem comer nada e merendava o que era oferecido na cantina.
De volta, almoçava e à tarde, tinha um mexido feito com o que sobrou do almoço, farinha e pimenta!! E como isso era gostoso!
A janta, não falei jantar, falei janta mesmo, era servida lá pelas cinco da tarde e antes de dormir, sempre rolava outro mexidão...
Foi uma vida difícil, então quando tinha alguma coisa diferente, como doce ou frutas, comíamos sem limite... Não sabíamos quando teríamos algo parecido novamente.
Com exceção às frutas da época, como mangas, goiabas, jabuticabas, essas que dão no meio do mato e não era preciso pagar, as outras tínhamos só na cesta de natal, da fábrica de tecidos onde meu avô trabalhava.
Iogurte, só uma vez por mês, como dizia meu avô, no dia do "surtimento", (compras do mês) e esperávamos, meu irmão e eu, ansiosos por este dia.
Carne era de galinha ou porco, que tínhamos no quintal e peixe, só se meu avô pescasse.
Isso hoje em dia poderia ser somente parte do passado, se não tivesse influenciado completamente nos meus hábitos alimentares.
********

Sei que muitos destes maus hábitos, que reconheço não terem sido propositais, contribuíram para que eu chegasse ao grau de obesidade que cheguei, mas hoje em dia, mesmo gastroplastizada, de alguns deles não consigo, ou luto muito para me livrar até hoje.
Até bem pouco tempo, eu só comia no café da manhã, mexido feito com as sobras do jantar.
Parei com isso depois da cirurgia, mas por querer mudar os hábitos. Somente.
Por muito tempo, tentei trocar as refeições noturnas por iogurtes, frutas e lanches leves, mas de verdade? Acabei optando por comer quantidades menores de alimentos que realmente me satisfaçam.
Quando vejo as fotos das comidinhas que vocês postam, acho graça. Eu também como estes alimentos!! Como por querer uma vida mais saudável, mas prefiro meu mexidinho, em qualquer refeição.
É claro que tirei isso da minha rotina gente, mas fácil nunca foi!!

********
Não sinto a menor falta de pão, por exemplo, se não existisse, não me afetaria em nada!!
Faço minhas escolhas, controlo as quantidades e não permito (é claro que as vezes piso na bola, como qualquer outro ser humano) que porcarias entrem no meu corpo.
O que quero dizer com este relato, é que as vezes os maus hábitos estão em nós sem que sequer percebamos.
Eu poderia me entupir com coxinhas, quibes e hambúrgueres se sinto fome no centro da cidade. Prefiro esperar um pouco mais e almoçar.
Poderia me entupir de chocolates, com a desculpa de ser hipoglicêmica, mas se não tenho crises, fico longe deles e das balas. se tenho, a história muda, pois aí ingerir açúcar deixa de ser opção e passa a ser necessidade.
Enfim gente... Hoje sou operada, mas o bisturi do dr, não passou nem perto do meu cérebro, diminuiu o meu estômago e  somente isso.
Eu sei que posso engordar novamente tudo o que emagrecei, se eu não aprender que depende de mim.
Mas como sempre fui uma aluna muito aplicada em toda e qualquer matéria, digo que estou tirando de letra.
Tento dar o meu melhor, em tudo o que me proponho a fazer e vejo resultados positivos sempre.
Isto eu costumo chamar de atitude. Frente à vida, frente aos problemas, frente às limitações e às circunstâncias...
O que deixo pra vocês nesse dia de hoje??
Chega de desculpites!! A verdade é que se você não se amar primeiro, ninguém mais vai!!!!
Um bom dia e ótimo final de semana a todos!!!!

Com o emagrecimento, vem a vaidade, as descobertas...

27 setembro 2012


Gostaria que todos experimentassem este sentimento delicioso que é se redescobrir.
Acordar no meio da noite e ao se deparar frente ao espelho, com aquela imagem descabelada e de olhos inchados, poder dizer... Mesmo desarrumada estou bonita!
Ando me sentindo assim.
Valorizo pequenas coisas que nunca tiveram importância.
Me pego vez ou outra escolhendo maquiagens, combinando as roupas que vou usar, observando detalhes que antes não fariam a menor diferença.
Me preocupo com o brilho dos cabelos, com a hidratação dos meus lábios, com os acessórios que me caem bem...
É fascinante e incrivelmente prazeroso ficar horas hidratando meu corpo com um bom creme.
Efêmero... Indescritível...
Eu não fazia ideia de como minha pele poderia ser suave, de como eu poderia ser feminina.
Amo meus pesinhos pequenos e delicados, jamais havia reparado neles!
Reconheço uma a uma, cada curva do meu corpo, cada detalhe, cada manchinha, uma pintinha talvez, uma cicatriz... Peculiaridades... Só eu tenho, só eu vejo.
Sinto o prazer do toque...
Não tenho um corpo perfeito, aliás estou muito longe disso.
Trago marcas no corpo deixadas pela gravidez, marcas que fizeram de mim, uma mulher plena...
Marcas da cirurgia bariátrica... Que fizeram de mim, uma mulher vitoriosa...
Marcas que são só minhas...
Emagreci 45 quilos, é impossível passar por essa transformação, e ao fim do trajeto sair ilesa...
Tenho uma barriga que precisa de reparos, tenho seios que precisam de reparos, mas mesmo assim me amo e me sinto muito bem...
Farei algumas plásticas, quero me sentir melhor ainda.
Enquanto isso, abuso dos belíssimos sutiãs com bojo e enchimento, que o mercado me oferece.
A barriga? Se eu não mostro ninguém sabe que está marcada, e andar de barriguinha de fora, não faz nem jamais fez parte do meu jeito de ser.
Sigo feliz, realizada, amando cada dia mais, ser quem eu sou...
Ousando ser quem eu eu sou...
Estou vivendo uma experiência maravilhosa, talvez seja esta, a viagem mais emocionante da minha vida!!


 Essa foto é antiguinha, mas fala tanto de mim, que quis colocar novamente...

Psss... Vejo que página está cheia de novos frequentadores, sejam todos bem vindos e aguardem que  retribuirei a visita, é sempre um prazer!
Top Comentarista está chegando ao fim!!!! Quem será que receberá em casa a camiseta Gastro Feliz???

A vida é feita de escolhas.

25 setembro 2012

Hoje saí cedo para os dois compromissos do dia.
Já passava das onze e eu estava morrendo de  fome.
Tomei café da manhã antes de sair, mas na rua, não ando me sentindo segura para comer.
Como já relatei a vocês, ainda não me adaptei muito bem à falta que o pâncreas me faz, e a maioria dos alimentos me fazem mal, então prefiro viver esta experiência dentro de casa.
Não pude fazer muita hora pelo centro da cidade pois o João chega do colégio meio dia em ponto e almoçar com ele tem sido minha prioridade.
Não tinha comida pronta em casa e vim pelo caminho estudando algo bem fácil para preparar, sem abrir mão da qualidade.
De repente me veio aquele estalo.... Miojo!!!!!!!!!!!!
kkkkkkkkkk
Mentira viu gente!!
O estalo foi... Cantina Mineira!!!!!!!!!!!!
É um restaurante de comida mineira bem gostosa, que fica a um quarteirão da minha casa.
Não pensei duas vezes e fui direto pra lá.
Escolhi a mesa e fiquei na porta esperando o escolar do João.
Quando ele fez a parada obrigatória que tem em frente ao restaurante, resgatei minha cria lá de dentro e ficamos para o almoço.
Me servi de uma colher de abobrinha, um pouquinho só de feijão e uma couve refogada que estava com uma cara ótima.
Pedi um bife de frango grelhado para o João, para que eu pegasse uma beiradinha dele...
Enquanto isso a criança se servia.
Hoje ele não exagerou.
Colocou arroz, batata frita, um bolinho que parecia ser de mandioca e salada de pepino com tomate.
Não sei se foi para me impressionar de tanto que falo, mas fez direitinho.
Já na mesa ao lado, uma cena me surpreendeu.
Havia uma mulher, com uma menina de uns quatro ou cinco anos.
As duas, extremamente obesas.
Os pratos!!!! Jesus toma conta daqueles pratos!!!!!
Gente eram duas serras!! Não podia ficar olhando demais, pegaria mal, afinal, o que eu tenho a ver com a vida dos outros? Mas me entristeci!!
Pela mulher não! É adulta, sabe o que faz, escolhe o que acredita ser o melhor para sim. Mas a criança... Uma menininha linda, com um cabelo enorme, uns olhos amendoados, com cílios compridos e uma pança gigante!!!!
Gente tenho certeza de que uma roupa minha, não passaria nas perninhas daquela criança e ela comia parecendo que o mundo ia acabar.
Voltei lá na minha infância e me vi ali...
Aquela foi exatamente uma cena da minha vida.
Eu jamais tive alguém que me falasse para fazer diferente, então eu seguia aquilo que eu via.
Aquela mãe não tem noção do que a aguarda. Não sabe o que é ter em casa um adolescente revoltado com a vida.
Eu fui uma adolescente revoltada com a vida. Triste, infeliz, rebelde....
Tenho pena de pessoas assim, que não fazem nada para mudar sua própria realidade e ainda aprisionam seus filhos a esta vida sem perspectivas.
O que eu tive vontade de fazer?? Tive uma enorme vontade de andar até lá, pegar aquele prato e dizer a ela... Não faça isso com você!! Não faça isso com esta criança!!
Mas infelizmente nem sempre podemos ou devemos fazer aquilo que sentimos vontade...
Me contentei em pedir um suco e tomar enquanto o João almoçava..
Minha comida?? Ficou lá... Senti um nó na garganta que me impediu de almoçar...
Ao pagar a conta, perguntei ao rapaz do caixa,  se poderia deixar lá alguns cartõezinhos do site... Quem sabe não chamaria sua atenção, para que desse um basta naquela situação e resolvesse mudar de vida??? Assim pensei eu...
A vida que levamos resulta unicamente das escolhas que fazemos.
 Com exceção da morte, tudo tem dois caminhos.. Tudo...Nós escolhemos o que queremos, isso é fato.
Quando temos o poder de escolher por nós e por outros, dependentes ou não de nós, nossa responsabilidade se torna ainda maior e precisamos fazer jus a este poder...

Tem hora que é bom colocar alguns pingos nos Is!!!

23 setembro 2012



Um desabafo em tom levemente sarcástico, a quem possa interessar!!!

Sim, eu finjo ter um problema de saúde pra chamar atenção!! Adoro aparecer!!
Prova disso é que por mais de uma vez, estive passeando em um bloco cirúrgico.
Na última, até deixei que meu médico, aquele homem que não tem nada pra fazer na vida e está
com tempo sobrando, retirasse atoa, 70%, quase nada, do meu pâncreas, orgãozinho sem graça e
principalmente sem importância e jogar no lixo.
Não sem antes mandar pra análise e comprovar uma doencinha boba que quase ninguém tem, sendo desta forma, até mais difícil de tratar e em seguida ter que ficar driblando o estômago, para que aceite alguns poucos alimentos sem quase me matar de dor, pois o orgãozinho bobo, era usado pra fazer digestão, mas quem precisa de pâncreas ou de digestão, quando se tem o ibope né??? rsrs
E a grana que gastei pra subornar os profissionais dos vários laboratórios que laudaram meus exames??
Não me faz falta, meu dinheiro dá em árvore, posso gastar pra chamar atenção!!!
Pra chamar atenção e pra comprar balas!!!
Sim, muitas balas, de todos os tipos e sabores!! Balas mistas!!! Por favor!!!
Ô povo de espírito pobre!!!

Aos meus leitores, aqueles que vem aqui por se interessarem pelo que escrevo, peço desculpas pelo desabafo degradante, mas é que é através da minha página que os mal amados "cuidam" da minha vida e dão palpites errados sobre o que não conhecem!!
E é claro que eu não publico devido à insignificância dos autores!


A todos, sem exceção, desejo uma semana ricamente abençoada e cheia de vitórias!!
Bjosssss


Para descontrair o domingo.....

Meninas, Já há alguns dias recebi este questionário da minha querida amiga Elis, ela me indicou para respondê-lo, a fim de nos conhecermos melhor.Pediu que eu indicasse a 3 blogueiras mas não irei indicar, quem quiser pegar, fique a vontade! Preferi postar no domingo pois assim não saio da rotina dos posts informativos, que são meu foco.
Espero que goste Elis, pois assim sou eu!!!


Luciane é meu nome, prefiro ser chamada de Lu, sempre!!! - 32 anos - casada há quase 15 - mãe de adolescente.
Altura: 1,52
Maior Peso: 93
Menor Peso: 46,900
Peso Atual: 48,100
Um Nome: Lara
Uma Palavra: Persistência
Um Sentimento: Amor
Um Verbo: Perseverar
Um Gesto: Doação
Em Primeiro Lugar: O Senhor
Uma Cor: Neste momento gostando muito de amarelo
Um Objeto: Câmera Fotográfica
Um Dia:Terça Feira
Um Mês: Setembro
Um Ano: 2011
Uma Letra:"J"
Uma Estação: Primavera
Uma Fruta: Pinha
Matérias: Língua Portuguesa/Filosofia
Um Passatempo: Ler
Um Hobby: Tocar violão
Um Esporte: Escrever é esporte?
Um Herói: Não tenho
Um exemplo: Não sou muito de me espelhar em ninguém, prefiro escrever minha própria história...
Um Filme: Outono em Nova York
Um Livro: A Última Vez Que Vi Paris
Parte do seu corpo que mais gosta: Minha boca e meus pés
Mania: Colocar apelido em todos, sem que saibam
Um Sonho: Conhecer Paris
Três coisas importantes: Verdade, gratidão, honestidade
Uma Sorte: Não acredito em sorte
Um Medo: Morrer enquanto meu filho ainda depende de mim.
Um amor: Tenho muitos
Um Perfume: Sirene (Vick Tiel) Minha marca registrada!!rs
Adoro: Somente a Deus
Odeio: Ter minha inteligência subestimada
Amigos: Poucos e bons
Música: Borboletas/Luciana Melo
Um Cheiro: O meu!!
Um Sorvete: Iogo Natural com nozes
Uma Data Especial: Meu aniversário
Um Ciúme: Tenho ciúmes de tudo que é meu... E do que eu acho que deveria ser também!
Uma Dor: Deslealdade me causa dor
Uma Frase: Onde está a sabedoria que perdemos no conhecimento? T.S. Eliot
Uma Saudade: Sinto saudade de algo que ainda não tive
Uma Paixão: Fotografar
Me é indispensável: Um gloss na bolsa
Um Prazer: Dirigir
Um Defeito: Só me decepciono com alguém uma única vez... E aí... Já era!
Uma Qualidade: Bom humor
Uma comida: Frango com quiabo e angu de banana verde
Um Doce: Brigadeiro
Uma mensagem: Não haverá borboletas, se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses... (Rubem Alves - Aquele que me inspira)
Para finalizar, uma foto minha em que me ache bonita! Segue abaixo!!!


Bom domingo pessoal!! E não se esqueçam de fazer boas escolhas!!
Top Comentarista tá acabandoooo!!!!





Vocês me movem...

21 setembro 2012

Nossa gente, vocês conseguem alegrar meu dia com os recadinhos que me deixam aqui! De verdade, acordo, escrevo um texto com a intenção de motivá-los e são vocês quem me motivam.
Elogiam meus textos, minha postura, meu jeito de ser, me tratam tão bem...
Queria que soubessem que não sou de maneira alguma indiferente a isso e que me fazem um bem enorme.
Tenho passado por algumas tempestades, onde as agruras do dia dia tem sido muitas e não tão fáceis de lidar quanto eu gostaria.
Tento resolver da melhor forma, mas sou humana e as vezes *(leia-se muitas vezes) tenho me sentido perdida e sem chão.
De verdade este carinho que recebo de vocês,  saber que de alguma forma tenho conseguido ajudar, mesmo que somente com palavras, ou relatando tudo o que passei em função da obesidade, me faz querer não desistir nunca e aumenta minha vontade de fazer cada vez mais, o meu melhor!! Neste último post, quando se disseram emocionados, foram vocês quem me emocionaram!
Me perguntaram se ele faz parte do meu livro, não faz.. Escrevi este hoje cedo. Mas o livro segue este mesmo estilo.
Quando eu começo a escrever, algo diferente toma conta de mim, e sem que eu me dê contas as palavras surgem, mandam em mim.. Deve ser a tal da inspiração né??

                                                                  ******
Olha, hoje conversei na editora e já temos a data escolhida para o lançamento do livro, e também a livraria onde acontecerá.
Por hora não posso divulgar, pois ainda não tem nada  acertado, mas assim que estiver tudo definido conto a vocês na mesma hora.
Outra coisa, meninas de São Paulo, que com tanto carinho me acompanham aqui...Provavelmente, mês que vem terei de ir à editora, nada certo ainda mas se for, topam um encontrinho relâmpago? De repente almoçamos juntas só para nos conhecermos pessoalmente, o que acham??

*******

Estive agora a tarde na feira do livro no minas shopping, não por ter escrito um livro, mas sim por ser este, um dos programas culturais de que mais gosto desde sempre!!
Recebi também a visitinha do meu maninho lindo que amo demais!! Não o via desde a minha cirurgia, o desnaturado nem me visitou quando cheguei do hospital, e só veio hoje. É o caçulinha, filho só do meu pai!
Acho ele tão gatinho!!!rsrs




                                                                    Dá pra ver que eu estava cansada né? Morta!!!



Faltam apenas 8 dias para a contagem do Top Comentarista, vamos ver onde a camiseta Gastro Feliz vai parar desta vez!!! bjosss

Sou eu assim...


Houve um tempo em que eu não tinha nada para vestir...
Eu até tinha dinheiro para comprar, mas nada me servia...
Entrar em lojas era algo desesperador.
Os vendedores não me tratavam bem, o trabalho deles seria fisicamente dobrado e financeiramente nulo ao me atenderem.
Eu experimentaria muitas peças com toda certeza e provavelmente não levaria nada no final.
Entrar em um provador era um martírio, pois eram muito pequenos para que comportassem com conforto, meu corpo tão grande e desproporcional.
Senti na pele uma dor que não consigo descrever.
A doença que me acometia, não é ainda hoje, reconhecida e respeitada como tantas outras.
Uma doença cruel que mata aos poucos, que mata em silêncio, que compromete todo o corpo, todos os órgãos, que mutila emocionalmente aqueles a quem vitima.
Eu sabia que precisava de ajuda.
Durante um tempo recuei.
Me recusei a admitir algo que verdadeiramente me tirava o chão e o prazer de viver.
Cheguei a um ponto em que não vivia, só olhava a vida passar.
Envelheci alguns anos, amadureci outros tantos, mas não abri mão de mim.
A campainha da percepção tocou bem fundo, me fazendo despertar para a vida.
Isso não aconteceu à força.
Não foi a vontade dos outros que fez com que acontecesse o estalo.
Partiu de mim, da vontade que sempre tive de alçar altos e longos voos.
No fundo, meu coração me dizia que eu ainda seria muito feliz, mas eu sabia que para que isso acontecesse precisaria me posicionar, precisaria ter uma atitude real.
Precisaria crescer, precisaria assumir riscos, suportar consequências...
Eu tentei de tudo, não queria olhar pra trás depois e pensar como muitos, que não tive forças para lutar e que escolhi um caminho fácil.
Queria ter certeza de ter feito a melhor escolha.
A redução de estômago para mim, foi como resgatar uma vida que já não existia.
Foi a corda atirada no fundo de um poço sem saída, que me fez emergir para um mundo novo.
Para uma vida de verdade, cheia de prazeres e sabores.
Se antes eu subsistia, hoje eu vivo plenamente.
Se antes eu era discriminada, hoje eu sou respeitada, e este respeito parte primeiro de mim.
Hoje eu sinto orgulho de mim, antes de esperar que qualquer outra pessoa sinta!
Eu aprendi a me amar, e sem a menor pretensão eu me admiro.
Admiro a pessoa que sou, a pessoa que me tornei.
Fui uma pedra bruta, mas hoje me sinto completamente lapidada.
Esta que vocês conhecem é minha melhor versão. A versão definitiva.
Mas não tenho de forma alguma, reservas quanto à novas reciclagens, à novas mudanças...
Estou aberta a tudo o que possa me proporcionar crescimento.
Hoje sou feliz...
E de brinde... Eu visto o que  quero, física e emocionalmente!! :)

Ps... Para as meninas que perguntaram sobre a publicação do meu livro. Optei por uma editora independente, ou seja, não tenho patrocínio, tudo está sendo custeado por mim! Ele será vendido em várias livrarias e também através do site da própria editora. Estamos trabalhando para que esteja disponível antes do natal!

Primeiro exemplar do livrinho já em mãos!! Como esperei por isso!!

19 setembro 2012

Na verdade gente, não é bem o primeiro exemplar, mas sim o exemplar prova, as páginas ainda são soltas.
É à partir deste que os demais serão reproduzidos, por isso preciso aprovar.
Se me conheço bem, passarei esta noite em claro conferindo tudo, cada página, cada frase...Afinal quanto mais rápida for a aprovação, mais rápido o livro de verdade, prontinho e definitivo chega pra mim. E pra vocês!!!!!!!!!
Preciso conferir capa, gramática, numeração de páginas, todos os detalhes que farão com que meus rabiscos de caneta bic em um papel de pão, virem livro!!
Estou muito feliz, digo que Deus é tão bom comigo que sempre me recompensa por tudo. É sempre assim, passo por um momento difícil, fico triste, me sinto perdida, vem o Senhor e me dá um presente, como forma de dizer... "Olha, não me esqueci de você!"
E assim segue a vida...
Me emocionei ao pegar o livro pela primeira vez, ao ler pela primeira vez impressos os prefácios dos meus médicos, ao ver que tudo o que vivi não foi em vão e que poderei ajudar alguém com meus relatos.
Precisei comemorar, achei que mereci!! (Marido disse que ultimamente esta é a frase que mais uso!!! Será? rsrs)

Me desculpem a má qualidade das fotos,cheias de sombras, fiz correndo mesmo, pois queria postar ainda hoje!!







Foto do celular, precisava comemorar!!!

Acho que estou merecendo flores vermelhas!! Claro que não vou esperar ganhar, pode ser que isso demore!! Eu mesma me dou!!! kkk

Ps...Luciani Sabino, nem com simpatia consigo entrar no seu blog devido ao fato de você ser google+ e eu não, só por isso estou ausente, fale comigo no email ou twiter pra ver se conseguimos resolver!!bjsss

Rapidinho só pra colocar o papo em dia!

17 setembro 2012

Bom gente, vim contar a vocês como foi meu aniversário! Como havia dito antes, ainda não sabia se teria ou não festa, festa oficial, cheia de convidados, pois pequenas comemorações ando tendo o mês inteiro!!
Decidi por não fazer, o problema pessoal do qual falei acabou falando mais alto, mas não me importei, pois foi aí que senti de verdade o carinho das pessoas que gostam mesmo de mim!!
Na sexta feira (véspera) recebi em casa,  três colegas da faculdade que não via desde o final do curso. Ai gente, foi uma farra, que delícia e que saudade!! Tivemos bolo!! Esse da foto do post anterior, que foi tão elogiado...Fui eu quem fiz!!!!! Vivaaaa!!!
No sábado, saí pra almoçar com minha querida e linda amiga Josi, como poderia passar meu aniversário sem sequer ver minha amiga? Impossível!!Fomos ao Pomodoro e nos deliciamos com o salmão que amamos, foto abaixo! Foi um dia muito especial pra mim!
A noite foi o momento de curtir minha família, em casa mesmo pois me cansei tanto com a saída do dia que não tive disposição pra mais nada, pedimos uma pizza e pronto.
Ontem acordei cedinho, mais disposta e fui à feira comprar uns badulaques, achei que estava merecendo!!
Cheguei e fomos almoçar em um restaurante que gosto muito, comi o peixinho da foto, estava perfeito!!!
Minha tia me ligou dizendo que veio em casa no sábado me dar um abraço e e eu não estava, então como achei que fiz uma desfeita sem querer, fomos à casa dela e passamos a tarde. Tadinha, queria tanto me agradar que fez até um bolinho. Coisinha simples mesmo, disse que era pra não passar em branco pois sabia que eu gosto muito!! A foto está aí também!
Quando chegamos em casa,enquanto preparava nosso jantar, duas amigas me ligaram dizendo que vieram durante o dia e não me encontraram, queriam saber se ainda poderiam vir, mesmo estando tarde. Claro que podem!!Respondi feliz!
Comidinha estava gostosa e elas jantaram conosco, fiz picanha de panela, arroz ao alho e maionese, já estava tudo pré pronto.
Ganhei muitos presentes, coisas simples, coisas que gosto, coisas que estava precisando... Mas o maior presente foi o carinho que senti.
De verdade, me senti querida como não me sentia havia algum tempo.
Balanço muito positivo do meu trigésimo segundo aniversário, ainda mais levando em consideração que estou mesmo me sentindo com vinte aninhos!!!
Bom gente, agora retomarei com as postagens informativas para não perder o foco!!
Quero agradecer de verdade  a todos que vieram aqui e gastaram um pouquinho do seu tempo me parabenizando, tenham certeza de que alegraram ainda mais o meu dia. O mesmo digo aos autores das inúmeras mensagens via celular, ligações e emails que recebi!! Muito obrigada!!
Excelente semana a todos!!

 (Esse salmão é divino, comi duas vezes esta semana)


Foto ruim demais, do celular do João na hora do amém!!


Ps... Esqueci de contar que na sexta também fui ao cinema com o João, ver Os mercenários 2, dormi o filme inteiro!!!! Eita cansaço!!!!rs

Trinta e dois anos... Me sentindo com 20!!

15 setembro 2012



Poisé gente, é com muita alegria que recebo este dia lindo que foi feito só pra mim!!
Além de ser meu aniversário, é também hoje que completo um ano e nove meses de gastro!
E é bem como diz o título, me sinto com 20 aninhos!!! Que delícia!!
Bem que eu gostaria de ter a idade que tinha há alguns anos atrás, com a maturidade que tenho hoje, mas como isso não é possível, estou maravilhosamente bem assim.
A Deus eu só tenho a agradecer... Sempre!! Por tudo!
Pelas vitórias, por fazerem com que eu me sinta mais realizada, mais mulher.
Pelas derrotas, por me proporcionarem a oportunidade de crescer!
Pela nova oportunidade que recebi, pois foi através dela que realmente comecei a viver!
Não ouso pedir nada além de saúde, para que venham muitos e muitos anos além deste!!
Depois venho mostrar o que fiz para comemorar!!!

Esta é a música que me define!!

Já tomou água hoje?

13 setembro 2012


Bom dia gente!!
Com este tempo quente, abafado e extremamente seco, torna-se ainda mais importante o consumo de água.
É assunto mais do que conhecido, a necessidade de manter o nosso organismo sempre hidratado.
Acontece que este tema é tão falado, que acaba por ser banalizado e perdendo a importância.
Falar que devemos tomar pelo menos dois litros de água todos os dias é fácil, mas na prática nem sempre é assim.
Para nós gastroplastizados então...Principalmente quando temos pouco tempo de cirurgia, quando parece que a água  "desce quadrado", costuma ser ainda mais complicado.
Com o tempo, o estômago vai se acostumando e posso dizer que hoje, às vésperas de completar um ano e nove meses de cirurgia, já não sinto a menor dificuldade em tomar água.
Claro que adquiri algumas manias neste tempo, que me ajudaram a driblar o desconforto que sentia ao engolir água pura e desta forma, não deixar meu organismo com deficiência de H2O.
Só bebo estupidamente gelada desde que operei, esteja frio ou quente.
Me acostumei também a contabilizar em garrafinhas, então a porta do meu freezer, é cheia delas.
Me comprometo a tomar 4 todos os dias e hoje em dia, isso se tornou uma tarefa bem fácil.
Gostaria de ressaltar a vocês, que os benefícios do liquidozinho em nosso corpo, vão muito além do que possamos imaginar e do que conhecemos, sinto isso na pele, "literalmente".
Não tenho mais problemas com acne, quem me conhece há mais tempo, sabe que este sempre foi um dos meus maiores terrores.
Minhas unhas agora são fortes e não se quebram com facilidade.
Meus cabelos, mesmo tendo enfrentado a queda pós bariátrica, estão saudáveis e hidratados.
Não preciso dizer que ela ajuda a regular o intestino e acelerar o metabolismo, o que contribui muito para o emagrecimento.
Bom galera, é isso, queria deixar esta dica que considero muito importante, pois emagrecer é muito bom, mas de forma saudável é muito melhor.
Aproveitem também para incrementar as refeições com muitos legumes e frutas da estação, sucos naturais são sempre melhor pedida do que os industrializados e usando a imaginação podemos nos alimentar de uma maneira saudável, rica em nutrientes e sem gastar muito!!!
Beijo grande e tenham todos uma excelente quinta feira!!

Ps...Responderei as perguntas que me fizeram no post anterior, individualmente na página de cada um! Me aguardem!


Hipoglicemias/ Pancreatectomia/ Nesidioblastose

10 setembro 2012



Ei pessoal, tudo bem com vocês? Não vou enrolar muito, prefiro ir direto ao assunto do título, pois este post tem tudo pra ficar gigante.

Bom, muitas pessoas me pediram para explicar em detalhes o motivo da minha última cirurgia, mas como foi um procedimento mais complexo, que me deixou muito vulnerável, até mesmo emocionalmente, estava protelando em falar sobre o assunto.
Porém não achei justo com algumas leitoras que me questionaram e que sei que se preocupam realmente comigo.
Explicar só a elas em particular poderia ser uma saída, mas deixaria o arquivo incompleto, o que desta vez, não seria justo com as pessoas que usam minha página como fonte de pesquisa e informação.
Tentarei resumir ao máximo e a medida que as dúvidas forem aparecendo podem me questionar nos comentários.
Não é segredo nem novidade para ninguém que me lê, que após minha cirurgia de redução de estômago apresentei uma complicação pouco comum.
Como sei que muitas pessoas se preocupam com os problemas do pós operatório, sempre fiz questão de enfatizar que o que me aconteceu é algo bem raro; ninguém precisa ter receio de operar e ter o mesmo problema que eu, ele é raro a nível mundo, podem ficar tranquilos!!
Bom, no meu terceiro mês de cirurgia, quando tudo corria bem, o emagrecimento ia de vento em polpa e a auto estima estava flutuando, acordei certo dia me sentindo estranha, com taquicardia, tremores pelo corpo, um calor fora do normal *(leia-se escorrendo de suor) e uma necessidade de consumir açúcar que não parecia ser deste mundo.
Como o açúcar parecia melhorar aqueles sintomas, mergulhei de cabeça em balas doces, chocolates e tudo o que tinha na geladeira.
Aquilo aconteceu por várias vezes durante o dia e chegou a um ponto em que não pude fazer nada. Desmaiei no trabalho.
Após receber os primeiros socorros na empresa e fazer alguns exames de sangue, já no pronto atendimento do meu plano de saúde, constataram que eu havia tido uma crise de hipoglicemia.
Levei os exames para que meu cirurgião avaliasse, e ele, confirmando que era realmente hipoglicemia, pediu exames mais complexos.
Me encaminhou para o acompanhamento nutricional e então tentou de todas as formas reverter aquele quadro.
Mesmo com seu acompanhamento e com as orientações da nutricionista, as crises foram ficando cada vez mais constantes.
O normal em uma pessoa não diabética, que é meu caso, é apresentar glicemia entre 60 e 99, claro que dependendo da situação em que for feita a medição, poderá apresentar variações, porém a minha ficava muito abaixo do nível mínimo durante as crises.
No início chegava a 40, com o tempo 30.... 20.......

Bom, o fato é que meu organismo estava cada vez mais tolerante aos baixos níveis e estes ficavam cada vez mais baixos. Por várias vezes desmaiei!
A menor medição  foi 7, mas graças a Deus não foi na rua, nem sozinha, mas sim dentro de uma unidade de atendimento do laboratório que fazia os exames e sob supervisão médica, caso contrário, talvez não fosse eu, a contar isso a vocês agora.
O fato é que o doutor resolveu fazer uma intervenção cirúrgica quando eu já estava com um ano de gastroplastia, para tentar colocar fim naquilo.
Como não funcionou, e a situação foi ficando cada vez mais grave e preocupante, ele me disse que teria que partir para uma medida mais drástica, que seria a retirada parcial do meu pâncreas, já que era ele quem estava produzindo insulina em excesso.

Relutei muito. Procrastinei de todas as formas e enquanto pude, mas chegou um momento em que o Dr Hêmerson me disse que só me operaria, quando o incômodo causado pelas minhas crises de hipoglicemia, fosse maior do que a minha capacidade de conviver com elas...

Não demorou muito para que este dia chegasse, já não suportava mais viver daquele jeito.
Hipoglicemia é falta de açúcar no sangue, em níveis tão baixos quanto os que eu vinha apresentando, a falta de oxigenação no cérebro é certa, os danos aos neurônios também...
Já estava evitando sair de casa sozinha, dirigir? Só de picardia e arriscando, não queria mais receber ninguém em casa, pois meu humor oscilava entre mais ou menos e péssimo e comia todas as balas do mundo.

A cirurgia foi desmarcada várias vezes, por problemas variados, a última  foi porque tive hipoglicemia e para não desmaiar, tomei um suco meia hora antes,  ela foi cancelada dentro do bloco, quando eu já estava pronta.(não fiz de propósito, quem já teve hipoglicemia sabe bem o que é).
Este procedimento era algo que eu não queria fazer, que tinha muito medo, mas que precisava o quanto antes, então acabei me conformando.

Como tudo tem seu tempo, a data chegou e eu operei.

Foi retirado 70% do meu pâncreas, que foi enviado para análise. Fiquei 4 dias no CTI, mais 6 no quarto sob cuidados e o restante vocês já sabem.
A análise do pâncreas confirmou o diagnóstico que o doutor já sabia e já havia me dito. Tenho Nesidioblastose, um fenômeno raro, que vocês podem entender um pouco melhor, lendo aqui.

Bom gente, o texto não ficou claro como eu gostaria, mas de verdade, por mais que eu quisesse escrever sobre isso já houvesse um bom tempo, ainda não me sinto completamente à vontade para falar no assunto.

Sei que várias perguntas irão surgir, três delas já deixarei respondidas..

Lu, você se arrepende de ter feito a cirurgia bariátrica?? Afinal tudo começou depois dela!!
* NÃO!! Jamais me  arrependi!! Nem por um dia, nem por um segundo, faria TUDO novamente!!!A hipoglicemia até poderia ser a pior coisa do mundo, mas não é, sabem porquê?? Porque ser obesa me fez sofrer mais!!!
Lu se você soubesse que teria este problema, teria operado?         * Seria impossível saber antes,sem contar que nenhum médico me operaria, mas sim, teria! Já havia tentado de todas as formas e não consegui emagrecer.     Uma coisa é certa e clara pra mim. Convivo muito melhor com as hipoglicemias do que convivi a vida inteira com a obesidade. Ninguém me humilha nem discrimina por ser hipoglicêmica, se eu não contar ninguém sabe. Já sendo gorda.............
Lu, a cirurgia do pâncreas resolveu seu problema??
* Não! Para minha frustração e também do meu médico, a quem aliás só tenho a agradecer, por todo o cuidado comigo, a cirurgia não resolveu e ainda tenho hipoglicemias, mas agora pelo menos temos um diagnóstico confirmado e como tratar.... 
* Pessoal, como eu disse no início, esta postagem foi para esclarecer dúvidas de pessoas que realmente considero e também dos leitores que buscam aqui, informações sérias e confiáveis sobre a cirurgia de redução de estômago.

Irá também alimentar a curiosidade de meia dúzia de desocupados que só vem aqui, para saber as novidades sobre a minha vida, mas pra estes eu não estou nem aí!!!

O que me aconteceu pode acontecer com qualquer um? 
Embora seja algo raríssimo, é um risco que se corre, então reforço o que eu sempre digo.

Só opte pela redução de estômago, se você já tentou de tudo para emagrecer e não obteve sucesso, pois a cirurgia é uma ferramenta, que como qualquer outra não trabalha sozinha, precisa do seu empenho e maturidade, de responsabilidade para assumir todos os riscos também, pois sem isso, o sucesso a longo prazo não irá acontecer!!"

Bjo grande!!!

Ps.. Querida Val (Sleevada), se o post não tiver esclarecido suas principais dúvidas, me diga que te respondo em particular viu!!! bjosss

Tive que postar antes do previsto pra falar da entrevista!!

05 setembro 2012

Então gente, só voltaria amanhã para falar sobre a cirurgia, mas dei uma entrevista sobre meu livro para o blog Beautiful Girls e a Cristin, autora dele, acabou de me informar que foi ao ar!
Deem uma passadinha pra verem!!
Ficarei muito feliz!
Esta é minha segunda entrevista para o blog, a primeira foi sobre a cirurgia bariátrica e a Cristin me disse, que é a matéria mais clicada todos os dias!
Fico muito feliz pela repercussão e pelo privilégio!
Obrigada Cristin!!!

Encontro agradável!!



Bom dia gente! Já começo pedindo desculpas por não ter retornado a ninguém ontem, mas foi de verdade impossível! O farei agora!
Quero também agradecer pelos comentários de vocês na postagem que fiz sobre a alimentação do meu filho, hoje já corrigi muitas coisas, na verdade gente, o João não tem nenhuma dificuldade em aceitar nenhum tipo de alimento, come de tudo, frutas, legumes, verdura...
Só não toma chá, mas come até jiló!
Por este motivo me sinto mais culpada ainda, pois por uma questão somente de comodidade, deixo que se entupa de besteiras e alimentos não saudáveis, quando posso oferecer a ele muito boas escolhas, com alimentos que já temos em casa diariamente.
Quero contar uma coisa muito legal que me aconteceu ontem.
Fui cedinho fazer alguns exames que minha endocrinologista havia pedido. Não estava me sentindo muito bem e nem quis ir sozinha, então a Priscila, aquela amiga que disse a vocês que é como uma irmã, foi comigo. (Priscila e Josi, irmãs que eu pude escolher, não sei o que seria de mim sem essas duas em minha vida...)
Ao sair da clínica vejo chegando o Rafael, que era um dos residentes do meu doutor, foi ele quem me deu alta quando fiz a redução de estômago.
Hoje ele já não é mais residente, já se formou, mas jamais me esquecerei dele, de como foi divertido e atencioso.
Até porque, mesmo depois da gastro, o encontrei outras vezes, quando fui assistir "cirurgias alheias" e até em outra cirurgia minha, em que ele esteve presente nos cuidados.
Já o cumprimentei toda feliz, mas só esperava um " Oi, tudo bem, deixa eu correr que estou atrasado!"isso sem nem me reconhecer...
Gente, me enganei completamente!!
O Dr Rafael (Rafa, pra mim que já sou íntima!!kkk), me reconheceu de cara! Me abraçou, beijou, disse que eu estava muito bem...
Enfim, conversamos por uns 10 minutos aproximadamente.
Foi como sempre divertido e atencioso, um lindo, exatamente como o doutor e os outros assistentes.
Claro que não poderia deixar de contar-lhe que no meu livrinho, ele aparece!!! E ele gostou da ideia, ficou todo feliz, disse que também quer escrever um livro, que quer saber do lançamento do meu e foi embora todo satisfeito. Trocamos email e tudo!!!
Ah... Disse que vou ficar famosa!! Aí quem ficou toda alegre fui eu!!!!!!!rsrs
Bom gente, enfim, este é um post bem relax, para dizer que mesmo que em total correria, estou por aqui, também para dizer que na minha próxima postagem, contarei tudo sobre meu problema com a hipoglicemia.
O que me aconteceu depois da cirurgia bariátrica, que me fez passar por outras cirurgias, inclusive esta última que despertou a curiosidade e preocupação de muitos leitores.
Como eu havia prometido, quando eu estivesse pronta e me sentisse melhor, explicaria a vocês e já estou me sentindo em débito!!Um beijo grande e não se esqueçam de que o Top Comentarista está ativo!!! Tenham todos uma excelente quarta feira!!!
Ps... Mary Dark, me mande seu email!!


Um tapa de realidade!

04 setembro 2012



Bom dia pessoal!
Acordei cedinho e como de costume, tomei café da manhã junto com meu filho, às 6 da matina.
Normalmente depois que o escolar chega e ele se vai, eu volto para cama e fico nela enquanto sinto sono ou vontade.
Claro que isso quando não tenho compromissos pela manhã.
Hoje tenho. Aliás esta semana está cheia e corrida.
Enquanto ele se alimentava eu observava e pensava.
O café da manhã dele hoje, foi um sanduíche quente de queijo e presunto, uma xícara de leite com nescau e  meio mamão que ele nem tocou.
O meu, foi meia xícara de chá de casca de abacaxi gelado e 4 uvas. Sim meu estômago ainda está chatinho. Ainda sinto muuuuuita falta do pedaço do pâncreas que foi embora. Mas não morro de fome viu gente, driblo o dia inteiro testando alimentos que não me façam mal, acho que vou acabar me adaptando, bom que faço escolhas cada vez mais saudáveis.
E era neste ponto que eu queria chegar.
Nas escolhas!!
Já pensaram na diferença que elas fazem em todas as áreas da nossa vida?
Na alimentação, que acaba sendo a base de um dia produtivo, uma escolha mal feita pode fazer grandes estragos.
Pensem no café do João...
Poderia ter oferecido a ele uma torrada que já tinha no armário, com o requeijão light que está lá na geladeira, não poderia? E o leite com nescau??  Me embrulha o estômago só de pensar em beber um gole daquilo, (tenho dumping até hoje) e fico entupindo meu filho com ele??  Por qual motivo não poderia ser leite puro , já que ele gosta? Justo o mamão, que era o mais saudável da história ficou pra trás...
Então porque não poderia simplesmente fazer uma vitamina usando o mesmo leite e o mesmo mamão??
Dá trabalho né gente? Faz barulho ligar o liquidificador as 6 da manhã né?? Ahhh é verdade!!
Desculpas e argumentos pra não assumir uma pequena verdade...
Estou fazendo tudo errado!!!
Vivo em consultórios de nutricionistas, endocrinologistas, cirurgião bariátrico, e só aplico o que aprendo em mim mesma??
Meu filho ainda é uma criança não o vejo como adolescente ainda, criei pra ser criança enquanto quiser e ele é bebezão mesmo e quem prepara seus alimentos sou eu!!
É preciso viver o que se prega... (Não só neste quesito viu!)
Bom gente, vamos ver se depois desta reflexão de hoje, eu acorde pra vida e faça algo não só por mim, mas também pelo João, afinal não quero que ele passe por tudo o que eu passei sendo obesa.
Cheguei à redução de estômago?? Sim!!! E dou graças a Deus por isso, foi a melhor escolha que já fiz por mim, foi uma nova oportunidade de vida, pela qual agradeço a Deus todos os dias.
Ainda assim acredito que o que é válido mesmo, é ter uma vida saudável e de todas as formas, obviamente saudáveis também, evitar que se chegue até ela!!
Esta postagem gente, é bem pessoal, não sei se já observaram, mas por mais que eu encha o blog de fotos e fale muito de mim, não fico escrevendo sobre a vida do meu filho ou da minha família.
O motivo, é que esta é uma exposição à qual eu me propus, não quer dizer que eles tenham que ser expostos também.
Acontece que hoje achei muito pertinente falar disso, pois pelos comentários que recebo de muitos leitores, posso perceber que algumas pessoas acham que eu sou perfeita.
Muitos dizem que se espelham em mim, que sou exemplo, que querem ser como eu, mas eu sou uma rélis mortal, cheia de erros, cheia de falhas e estou aqui, também para aprender e compartilhar!!
O que eu falar de bom e proveitoso, guardem sim, se vai acrescentar, guardem. Mas tenham em mente que o que conto aqui é somente minha experiência pessoal e que como qualquer pessoa, tenho muitos defeitos e também muitas dúvidas...
No mais, estou aqui para o que precisarem!!
Ps... Visitinhas a noite, estou correndo agora!!
Que o Senhor abençoe grandemente o dia de cada um que passar por aqui!!!

As fotos que prometi!!

02 setembro 2012

Então pessoas, falei que colocaria fotos e aí estão, mas serei breve no post pois estou mortinha!
Cozinhei tudo o que está nas fotos, menos os docinhos!!
Acho que é a primeira vez que posto no bloguinho, uma foto de cabelos molhados, não reparem, mas hoje a tarde o cansaço era tanto, que para conseguir chegar viva ao fim do dia, precisei tomar um banho e lavá-los, só amanhã serão escovados!!
Assim foi o dia da primeira comemoração do meu aniversário, esqueci dos balões, vamos ver o que teremos no decorrer do mês! 
O marido da minha amiga também aniversaria junto comigo e todos os anos comemoramos, como vão viajar, antecipamos para não passar em branco!!
Beijo grande a todos e ótima semana!! Com escolhas conscientes sempre!!

 Almoçamos na varanda!!


 Esta é minha amiga Priscila, ela é como uma irmã, tenho duas assim!!! A outra é a Josi!!
 Costelinha ao molho barbecue (O Na Brasa Gril que me perdoe, mas a minha tava muito melhor!!!!)


 Comemoramos nosso aniversário juntos há alguns anos!

 Este foi o meu pratinho!!


Marido


A verdade é que meu filho já está maior do que eu....

Luciani Sabino,Juliana Santos, não consigo entrar nos blogs de vocês de jeito nenhum!!!!!!!!
E em mais alguns que são google + também não!

Amo setembro!!

01 setembro 2012



Hoje em dia, setembro é o mês do ano que mais gosto, mas não foi sempre assim.
Amo fazer aniversário, amo festa, bolo e balão!!!
Dia 15 faço 32 anos, resolvi depois da gastro, que quero mais é comemorar a vida, toda vez que tiver uma oportunidade.
Esteja ela boa ou ruim, quero comemorar e agradecer a Deus por mais um ano... Ai ai ai.... Menos um ano, como diz meu amado Rubem Alves!!!
Aliás, dia 15 é aniversário dele também, ele me inspira tanto que até nasci no dia do seu aniversário!!!
Antes, quando chegava setembro eu ficava com raiva, não saía de casa e se no dia do meu aniversário alguém me desse parabéns ou trouxesse um presente eu sentia ódio...
O que eu tinha para comemorar?? Doente, pesada, sem conseguir respirar direito, sem caber dentro de nenhuma roupa e ainda correndo o risco de devorar sozinha toda a comida da festa?? Me trancava!!!
Mas isso passou e agora tenho saúde, a auto estima anda lá no céu e me sinto feliz e realizada por ter tido uma nova chance de vida!!
Por causa de um probleminha muito pessoal, até hoje não consegui me decidir se devo ou não fazer uma festinha oficial no dia 15 e olha que este ano cai no sábado!!
Na verdade já tem várias coisas prontas, como enfeites de mesa, lembrancinhas e outras coisinhas que sempre preparo no decorrer do ano, se resolver fazer não preciso ficar igual a uma desesperada correndo atrás das coisas.
Mas uma coisa é certa, vou comemorar muito este mês!! A primeira festinha será amanhã!!
É que uma amiga que amo muito e que sempre esteve comigo tanto nas horas boas quanto nas ruins, este ano não estará aqui pra festa do dia 15, se eu fizer. Está de férias do trabalho e vai visitar sua mamãe no Rio.
Resolvemos comemorar antes então!!!

O fato é que amanhã teremos bolo, brigadeiro, balão... chapeuzinho.....
E um almoço delicioso!
Obaaaaaaaa!!!!!!!!!!!
Depois venho com fotos para que vocês vejam!!!

Ps... Não pretendo me esbaldar em comida viu gente, agora sou uma diva e como de tudo sem devorar tudo, sou uma lady!!!
E desejo o mesmo a vocês!!
A contar de hoje, são somente 16 semanas em 2012, dá pra mudar ainda muita coisa nesse tempo!!!

Ps... Meninos que me deixam comentários e estão associados ao google +, precisam me deixar os links pois eu não estou no google+ (nem quero estar, odiei aquela chatice) e não consigo acessar os blogs de vocês para responder!!! bjosss

^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo