Hoje eu escrevi uma reflexão, com muito amor...

26 setembro 2019



Reflexão pra nós...



O respeito ao outro, ao diferente, a aceitação ao que não é tão comum. Atitudes simples, que deveriam fazer parte da essência do ser humano. De todos. De cada um. Como em uma grande linha de montagem, onde cópias padronizadas pudessem se tornar exemplares únicos e individuais de uma mesma espécie. As maneiras como uma pessoa hostiliza a outra simplesmente pelo fato de se sentir superior, é algo assustadoramente cruel. Como podemos nos sentir superiores, se somos todos tão semelhantes? Que superioridade é essa, que torna infeliz aqueles a quem deveríamos ter como nossos iguais? O tempo todo em nossa vida somos marcados na semelhança e na diferença. São estas diferenças de cor, de crença, de raça e de pensamentos, que nos fazem ser quem somos, com características únicas que nos tornam singulares e especiais. A cor da pele, a textura do cabelo, o volume do corpo. São estes detalhes que colorem a vida.

Você já parou pra pensar em como poderia ser doloroso, se ouvisse as mesmas coisas que você diz ao outro? Já se imaginou sendo vítima das mesmas crueldades que te fazem sorrir e zombar do outro? Nossas atitudes refletem quem somos e o que fazemos, tem muito mais valor do que aquilo que dizemos. Vivemos em uma sociedade que não foi educada para conviver com as diferenças, onde ser igual tornou-se regra e aquele que não se encaixa, muitas vezes é excluído, deixado à margem. 

Mas não precisamos ser assim. Todos os dias ao acordar, temos a chance de fazer algo de bom. Podemos a cada amanhecer nos empenhar em inventar uma versão melhor de nós mesmos e semear amor onde quer que estejamos. Olhe para dentro de si mesmo, reveja conceitos, refaça planos. Mude o que te incomoda, mas não tente mudar o outro. 

A cada um cabe suas próprias escolhas. Aquele que usa sua energia para fazer o bem ao invés de espalhar o mal, está sempre com um sorriso no rosto e recebe de volta a gratidão. Seja grato. Deixe pra trás inseguranças, medos e incertezas. Às vezes é necessário encontrar em nós mesmos uma motivação que impulsiona a vida, para nos reconhecermos no outro e nos colocarmos no lugar do outro. Quando nos damos conta de que não existe ninguém melhor que ninguém, percebemos que é nas diferenças, que enfim nos igualamos e começamos a nos tornar pessoas realmente melhores. O desejo de superar o outro é mesquinho, pois somente quem consegue superar a si mesmo, tornando-se a  cada dia um pouco melhor do que o era no passado, conquista a sabedoria necessária para amadurecer e aceitar a si mesmo e ao próximo.


^
© Gastro Feliz |2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Karina Enésio.
imagem-logo